AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Fadiga

Ocorre em cerca de 80% das pessoas, podendo interferir significativamente na vida do paciente em casa e no trabalho.

ESCLEROSE MÚLTIPLA E O CAMINHO DAS PEDRAS EMOCIONAL

Oiê meus amores, amoras e amoros múltiplos tudo bacaninha com vocês? Espero que estejam bem. Eu não estive numa fase boa nesses últimos meses, contei uma parte do que estava se passando nesse post http://www.avidacomesclerosemultipla.com.br/2019/03/um-trio-parada-dura-esclerose-multipla.html?m=1 Após fazer as ressonâncias magnéticas do crânio e da coluna cervical, tive uma surpresinha, a

Ler Mais

Sarajevo, para além de toda pena

Uns meses atrás, visitei a bela Sarajevo, capital da Bósnia e Herzegovina. Andando pelas ruelas e ruas da velha cidade dos Bálcãs, recordei, algo entristecido, um dos meus passatempos juvenis perdidos: caminhar pelo centro histórico das cidades. Na minha adolescência ou na minha primeira juventude, costumava andar interminavelmente pelo centro

Ler Mais

E AGORA, SERA DEPRESSÃO?

Olá amigos múltiplos tudo bem? Bom, entramos em 2019, primeiramente gostaria de desejar muita força, coragem e resiliência para esse ano. Os “astros” nos avisam que teremos momentos tenebrosos. Já estamos tendo a infelicidade de vivenciar aquilo que eu mais temia na vida com Esclerose Múltipla, o caos instalado na

Ler Mais

EXTREMOS!

Oi Amigos, tudo bem? Aqui, no Brasil, está MUITO QUENTE! Sei que os dois extremos (Muito frio e Muito calor) são ruins para nós Mas o Muito quente é o Pior! Hoje eu recebi um email dos Estados Unidos falando sobre o frio de lá que eles estão passando! Pensei:

Ler Mais

Qualidade de Vida

O assunto que me traz aqui hoje é Qualidade de Vivida. Para mim, “Qualidade de Vida” é poder cuidar da minha saúde de acordo com as exigências da Esclerose Múltipla. Quais são? Ter acesso à medicação, sem interrupção; praticar regularmente atividade física; ter uma alimentação saudável; ter condições de pagar as atividades

Ler Mais

Cessação da aposentaria – O que fazer?

Lá fui eu para mais uma perícia! Desta vez, depois de quase onze anos de aposentada – confira o recebimento da carta aqui . Munida de laudo médico e exames recentes, lá fui eu de novo! Uma espera de aproximadamente duas horas e eu fui chamada. A médica me olhou e perguntou

Ler Mais

12