AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Problemas Cognitivos

Refere-se a alterações de uma gama de funções cerebrais, e ocorre em cerca de 50% das pessoas com esclerose múltipla. Essas alterações podem incluir a capacidade de aprender e memorizar informações, organizar e resolver problemas, focar a atenção e perceber com precisão o ambiente.

A mielina e esclerose múltipla, como a EM afeta a memória?

O responsável pela memória é o cérebro. Se a EM está provocando o sistema imune e fazendo-o a atacar os nervos nesta área do cérebro, a memória e outras funções cognitivas podem começar a serem afetadas. Você pode notar mudanças em sua capacidade de se lembrar de coisas. A memória recente é mais suscetível de ser afetada pela doença, em vez de memória de longo prazo. Habilidades que você aprendeu há muito tempo, tais como andar de bicicleta, não serão afetados, mas você pode achar que é difícil lembrar os nomes das pessoas que você acabou de conhecer ou datas de compromissos importantes.

Como você pode reconhecer os sintomas de memória?

A EM pode afetar a cognição e a memória de maneiras sutis que você pode nem notar em primeiro lugar. Você pode ter dificuldades para prestar atenção ou manter a sua concentração em atividades e tarefas, e sua capacidade de multitarefas pode deteriorar-se conforme a doença progride. Se você está tendo dificuldade em lembrar as palavras certas para dizer ou o que você faz durante a sua rotina diária, contate o seu médico, pois isso pode ser um sinal de que a doença está afetando a sua memória.

Reconhecendo os sintomas da perda de memória relacionada com a EM

Há uma correlação entre sintomas físicos e perda de memória?

Os sintomas físicos são geralmente não afetados pela perda de memória. Os pacientes com limitações físicas graves podem não sentir quaisquer dificuldades cognitivas, ou vice- versa. Fadiga, cansaço, e superaquecimento podem afetar o desempenho cognitivo, e se você está enfrentando perdas de memória, pode não perceber, mas essas alterações cognitivas podem influenciar também o seu bem-estar físico. Sentimentos de ansiedade, frustração e depressão podem ser esmagadores quando submetidos a alterações cognitivas e às vezes podem exacerbar os sintomas físicos. Ficar ciente de seu bem-estar físico e saúde emocional vai ajudá-lo a ficar no topo das suas capacidades físicas e cognitivas.

Como você pode lidar com a perda de memória?

Há muitas técnicas que você pode implementar em sua rotina diária para ajudar a realizar suas tarefas. Manter seus pertences organizados e manter horários regulares e listas de verificação para ajudar a lembrar atividades diárias e recados. Usando um calendário ou um aplicativo digital em seu smartphone e/ou no computador pode ajudar a mantê-lo em dia com os próximos eventos e compromissos. Configurar alertas para esses eventos irá te ajudar a lembrar antes do tempo, ou repetidamente, se você está preocupado que você pode manter o esquecimento. E, lembre-se, permaneça positivo e comunique suas frustrações aos amigos. Falar sobre suas limitações e suas ansiedades é a melhor maneira de manter uma perspectiva saudável em sua vida diária. A abundância de resto também é vital para pacientes com esclerose múltipla.

Benefícios do sono para a esclerose múltipla

A esclerose múltipla afeta sua memória, o que torna difícil para você se lembrar de informações recentes, como novos números de telefone ou compromissos futuros médicos. Quando você começa a reconhecer a perda de memória em sua vida diária, é importante entrar em contato com seu médico para que você possa começar a desenvolver estratégias de enfrentamento precoce. Usar planejadores de rotina e aplicativos digitais em seu computador e telefone celular pode ajudar a lembrar das datas e tarefas importantes, e simplesmente pedir aos amigos e familiares que ajudem a lembrar essas coisas é uma forma de evitar frustrações e ansiedade.

Fadiga, instabilidade e visão dupla

Olá, amigos múltiplos! Eu sempre gosto de postar notícias bacanas, mas dessa vez os sintomas voltaram de forma mais agressiva. Não sei se porque estou com infecção urinária – é sabido que qualquer infecção pode simular surto – ou se estou em surto propriamente. Fato é que quinta-feira farei ressonância

Ler Mais