AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Emoções

Carta a meu filho

Meu filho querido, Você sabe, porque já te contei, que eu soube da vida que crescia em mim na mesma manhã ensolarada em que ela foi plantada. Você deve estar lembrado também que ainda hoje, tanto tempo depois, posso sentir teus pezinhos nas minhas costelas quando te guardava quentinho dentro de

Ler Mais

Quais mudanças eu promovo em minha vida?

Muitas palavras rascunhadas…diversas vezes apagadas! Quase meia hora depois e a tela do computador começa a sinalizar a pouca bateria… Penso, repenso e nada! Gostaria de ser mais cronológico e fazer deste meu primeiro post na AME um relato pessoal do meu diagnóstico. Comumente associamos o desabrochar de uma nova

Ler Mais

Paula no divã

Foi muito difícil escrever algo, rascunhei muito… Na minha cabeça várias palavras surgiam e sumiam em uma velocidade inacreditável, perdiam formas e sentidos… Meus pensamentos na hora de escrever meu primeiro pra AME ficaram completamente vagos. Mas vamos lá tentar pela milionésima vez:   Desde muito jovem aprendi que doenças

Ler Mais

Angústias traduzidas…

  Pior é que eu berrei. Berrei com o pior tipo de desespero do mundo. Meu silêncio, meu conformismo, minha aceitação, minha quase maturidade. Eu tenho a impressão que a hora que eu chorar, vai ser das coisas mais tristes do mundo. (Tati Bernardi) No dia 02 de abril, minha parceria com

Ler Mais

Superação

Oi gente, tudo belezinha?  Vou confessar uma coisa pra vocês: a palavra superação me provoca arrepios e mal estar. Não pela superação em si, mas pela forma como ela é tratada.  Dia desses, vi uma reportagem sobre uma bailarina que teve um pé amputado, mas graças a uma prótese inédita,

Ler Mais

QUERO SER COMPREENDIDA

​ Olá amigos tudo certinho com vocês? Eu estou bem, mas com os nervos à flor da pele. Não, dessa vez não é um recado pra EM que quero mandar, mas sim para as pessoas que me olham e não me compreendem. Como já comentei com vocês, estou afastada do

Ler Mais

O que Convém?

Oi amigos, tudo bem? Eu quero falar de uma coisa que sempre nos propõem respostas. Perguntas sobre para onde iremos? Com quem nos relacionamos? Como nos relacionamos? O que convém fazer? E mais uma porção de perguntas… TUDO é permitido, mas nem Tudo convém! Saber a resposta dessa conveniência depende

Ler Mais

Para Alice, com carinho

Para mim é simpático a ideia de que a minha companheira de vida queira nomear sua Esclerose Múltipla de Alice. Simpático porque ignoro o sentido que a ela atribui e prefiro relacionar com a personagem de Lewis Carroll. Se na literatura os caminhos que se abrem parecem absurdos, a tal

Ler Mais