Esclerose Múltipla e saúde bucal

Torso de mulher vestida em uma camisa branca de botões e mangas cumpridas, em sua mão esquerda ela segura uma maquete de boca aberta com todos os dentes à mostra, com a mão direita, ela segura uma escova de dentes laranja e a coloca em contato com os dentes inferiores da maquete. O texto, em letras brancas com fundo laranja, alinhado à parte inferior direita, lê "A Esclerose Múltipla pode afetar sua saúde bucal? Leia a matéria completa e confira!"

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

Hoje em dia eu tenho medo do dentista, mas nem sempre foi assim. Quando eu era criança, sempre tive dentes perfeitos. Quando eu estava na casa dos vinte anos e me mudei para o Arizona, meu dentista, que me acompanhava desde pequeno, me disse que meus dentes eram duros como pedras e que eu tinha uma boca muito saudável. Com tantos outros problemas de saúde devido à Esclerose Múltipla, minhas idas ao dentista sempre foram uma confirmação de que eu estava fazendo algo certo. Eu escovava os dentes, fazia um exame bucal e uma limpeza e não recebia nada além de elogios por cuidar bem dos meus dentes.

No entanto, os últimos três anos foram completamente diferentes. Tive um grande número de cáries e tive que fazer um tratamento de canal aparentemente do nada. Na verdade, após meus últimos três exames, fui mandado para casa sem uma limpeza porque agora tenho bolsas periodontais profundas por causa da perda óssea. Foi confuso e perturbador para mim porque meus hábitos dentais não haviam mudado e, no mínimo, eu como melhor com o passar do tempo.

Então, conversei com meu dentista sobre minhas preocupações. Também compartilhei com ele minha história com a EM e os tratamentos que usei. O que ele me disse foi chocante. Ele me disse que, embora a Esclerose Múltipla seja uma doença neurológica, ela pode afetar minha saúde bucal. Ele também disse que a medicação que tomo pode levar à perda óssea, como evidenciado por minhas bolsas periodontais profundas e outros problemas bucais.

Essa notícia foi realmente frustrante para mim. Passei os últimos 15 anos da minha vida pesquisando sobre minha Esclerose Múltipla para viver da melhor maneira possível e não havia prestado atenção na relação entre a Esclerose Múltipla e a saúde bucal. Agora, em vez de ser uma boca saudável, tenho um diagnóstico de um problema bucal. Não posso fazer uma limpeza regular. Preciso de uma limpeza profunda e de um plano de periodontia, que inclui mais idas ao dentista e maiores despesas.

Se eu soubesse antes que minha saúde bucal poderia ser afetada negativamente pela minha EM e meu plano de tratamento, teria sido mais ativo em meus cuidados dentários. Aqui estão algumas estratégias para manter uma boa saúde bucal com EM.

  1. Informe o seu dentista sobre o seu diagnóstico de EM e os tratamentos que você está fazendo para controlar a EM. O seu dentista é como qualquer outro médico responsável pelos seus cuidados. Informar a ele que você tem uma condição pré-existente e os medicamentos que toma pode ajudá-lo a determinar seu plano de cuidados bucais.
  2. Não deixe de ir ao dentista, especialmente se estiver sentindo dor ou sensibilidade. A sensibilidade dentária pode causar uma infecção que pode atingir o nervo. Se isso acontecer, você precisará de um tratamento de canal. Sempre pensei, por ter bons hábitos, que isso não aconteceria comigo, mas aconteceu.
  3. Escove e use fio dental após cada refeição. Meu dentista me disse que, como tenho fatores de risco devido à EM, a técnica correta de passar o fio dental é extremamente importante. Se você não souber a técnica adequada, pergunte ao seu dentista.
  4. Invista em uma boa escova de dentes e certifique-se de escovar por pelo menos dois minutos. Eu prefiro uma escova de dente elétrica porque elas são uma escova cronometrada para dois minutos, então eu sei por quanto tempo escovar.
  5. Se o fio dental for desconfortável, invista em um irrigador dental. Irrigadores dentais são tão eficazes quanto o fio dental, mas não têm a mesma sensibilidade em torno das gengivas que o fio dental. Não posso reiterar o quão importante é o uso do fio dental!
  6. Faça da saúde bucal uma prioridade. Uma boa saúde bucal pode levar a uma saúde geral melhor. A EM é muito para lidar, mas é muito mais fácil quando você não precisa se preocupar com sua saúde bucal também.
  7. Sorria. Quando você tem uma boa saúde bucal, dá vontade de sorrir e mostrar ao mundo. Também ajuda a aumentar a confiança e torna mais fácil comer e beber. Então, vá em frente e compartilhe esse sorriso premiado, você merece!

 

Fonte: MS Font

Tradução e adaptação: Redação AME – Amigos Múltiplos pela Esclerose

Explore mais