AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Drogas antioxidantes mostram promessa para tratamento da Esclerose Múltipla

Drogas antioxidantes mostram promessa para tratamento da Esclerose Múltipla

Um estudo recém publicado realizado em animais mostrou que MitoQ realmente inverteu alguns sintomas de esclerose múltipla.

O poder dos antioxidantes é algo que os cientistas têm pesquisado por décadas com resultados animadores. Um hábito saudável tão simples como comer blueberries foi mostrado como capaz de retardar o declínio mental, por exemplo.

Um antioxidante desenvolvido na década de 1990, MitoQ, é um antioxidante que atinge diretamente a mitocôndria, eliminando rapidamente os radicais livres, reduzindo a oxidação e inflamação, com a vantagem adicional de aumentar a energia neuronal.

Esta é uma notícia empolgante já que tem potencial no tratamento de algumas doenças, incluindo não só a esclerose múltipla (EM), mas também a doença de Alzheimer e Parkinson.

Um estudo realizado na Oregon Health and Science University e publicado na edição de dezembro da Biochimica et Biophysica Acta Molecular Basis of Diseasefoi encorajador para esse fim.

Este estudo utilizou ratos com uma doença animal, encefalomielite autoimune experimental (EAE), que é muito semelhante a EM. O estudo utilizou quatro grupos de controle de ratos: um grupo controle sem EAE ou qualquer tratamento, um grupo com EAE e sem tratamento, um grupo tratado com MitoQ, e um grupo pré-tratado com MitoQ. 

Após 14 dias, eles descobriram que aqueles tratados com o MitoQ tinha reduzido a inflamação e aumento da atividade neuronal na medula espinhal (o que é entusiasmante, porque esta é a área afetada pela EM). Isto demonstrou que MitoQ tem efeitos positivos. Os ratos que tinham sido pré-tratados tinham menos problemas.

P. Hemachandra Reddy, Ph.D., o cientista que liderou o estudo, disse: “O MitoQ também reduziu significativamente a inflamação dos neurônios e diminuição desmielinização. Estes resultados são realmente emocionantes. Esta poderia ser uma nova frente na luta contra a esclerose múltipla.”

 Embora muitos mais estudos precisem ser feitos e talvez estejamos  anos distantes dos testes em humanos, ainda assim é um desenvolvimento interessante.

http://www.mnn.com/health/fitness-well-being/blogs/antioxidant-drug-shows-promise-for-treating-multiple-sclerosis

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *