AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Dez mitos sobre a esclerose múltipla

Dez mitos sobre a esclerose múltipla

A esclerose múltipla é uma doença pouco conhecida entre a população em geral, um dos aspectos mais difíceis é a aceitação. Diferentes associações e entidades dedicam seus esforços à promoção e conscientização sobre a EM e suas consequências, com o objetivo de divulgar socialmente uma imagem verdadeira do que ela é. No entanto, o senso comum ainda está um pouco fora da realidade e isso faz com que criem-se mitos sobre a EM, muitas vezes em lugar entre as pessoas e criando uma imagem enganosa da doença. A revisão, abaixo.

1. A esclerose múltipla é mortal. Atravessar a rua também pode ser. Em casos extremos, a EM pode ser fatal e terminal, mas na maioria dos casos os doentes vivem uma vida normal semelhante à de qualquer outra pessoa.

2. Não há tratamento para a esclerose múltipla. Embora esta seja uma doença sem cura conhecida até o momento, sim, existem diferentes tratamentos para ela, especialmente para controlar os sintomas e a progressão da incapacidade. Dependendo do tipo de EM, e da condição de cada pessoa, deve-se proceder a um tipo de tratamento medicamentoso e/ou exercícios de reabilitação.

3. EM é contagiosa. A esclerose múltipla não é contagiosa em qualquer maneira. Também não é diretamente hereditária, apesar de vários estudos sugerirem que alguns fatores genéticos podem tornar algumas pessoas mais suscetíveis a desenvolver a doença.

4. Pessoas com esclerose múltipla estão condenadas a uma cadeira de rodas. Pessoas com esclerose múltipla podem ter problemas de mobilidade que os impedem de se mover, mas é uma realidade que nem todos os afetados sofrem, ou melhor, estima-se que apenas 25% cheguem a usar uma cadeira de rodas ou de um dispositivo assistência (tal como uma bengala ou andador) ao longo da doença.

5. Pessoas com esclerose múltipla não podem trabalhar. A maioria dos pacientes continua a trabalhar após o diagnóstico e mantém uma vida normal de trabalho. Em muitos casos, você só tem que fazer alguns ajustes no local de trabalho ou começar um outro trabalho que se adapte as novas capacidades e necessidades.

6. Mulheres com EM não podem ter filhos. Não há nada que impeça uma mulher com EM de engravidar. Na maioria dos casos, só é necessário um bom planejamento e a interrupção da medicação durante o período de gestação. O relatório médico sobre estes aspectos depende de cada caso.

7. EM não é uma doença fisicamente dolorosa. Em muitos casos a EM traz dor física e estima-se que 55 % dos pacientes experimentam dor significativa em algum ponto ao longo da doença. Esta dor pode ser gerenciada por diferentes tratamentos. Muitas pessoas acham efeitos benéficos em acupuntura, massagem e exercícios.

8. EM afeta apenas pessoas brancas. É verdade que a prevalência da EM é maior entre os brancos, mas também é encontrada em outros grupos raciais. Além disso, um estudo realizado pelo National MS Society mostra que os afro-americanos que desenvolvem EM são mais suscetíveis a forma mais agressiva da doença.

9. EM é causada por má nutrição ou pensamento negativo. A origem da doença ainda é desconhecida. No entanto acredita-se que a causa está relacionada a uma combinação de fatores genéticos e ambientais.

10. EM pode ser curada por mudanças na dieta ou uma atitude positiva. EM não tem cura conhecida e apesar de uma dieta saudável e otimismo serem muito aconselháveis em qualquer caso, sozinhos não curam a doença.

MS Village Canada. Traduzido livremente.

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *