Alimentação saudável é igual a um cérebro sadio na Esclerose Múltipla

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Os hábitos alimentares interferem nos surtos e exacerbações da Esclerose Múltipla (EM), o que pode acabar afetando a saúde do cérebro. Ter uma alimentação balanceada, com o consumo de alimentos neuroprotetores e antioxidantes pode combater o declínio cognitivo e condições neurodegenerativas – não apenas a EM.

Neste conteúdo, que é parte da coluna do autor  Trevis Gleason para o Everyday Health, o autor traz um artigo publicado em 2021 sobre como a dieta Mind, que une as dietas Dash e mediterrânea, com o enfoque de incorporar ao cardápio os alimentos com substâncias que podem proteger o cérebro, foi efetiva para um grupo de participantes da pesquisa que tinham Esclerose Múltipla há menos de cinco anos. Vamos ver o que Trevis fala sobre a sua experiência com a Mind. Boa leitura!

***

Eu me descrevo como chef por formação, cientista de alimentos por educação, escritor por paixão e advogado de pessoas com deficiência por necessidade.

Essas duas primeiras partes da minha biografia (e até mesmo parte da escrita) são um pouco da razão pela qual estou em uma luta constante para manter meu peso sob controle.

Minha trajetória no mundo da comida me dá acesso a algumas refeições incrivelmente deliciosas, mais do que se pode imaginar. Mobilidade reduzida, metabolismo afetado por corticoides e problemas gerais de envelhecimento significam que agora devo planejar meu consumo dessas iguarias como tantas outras partes da minha vida com Esclerose Múltipla.

Já escrevi antes sobre meu uso atual de um regime de jejum intermitente para ajudar a manter meu peso sob controle. Esse plano também parece ter repercussões positivas para nossa doença compartilhada.

Agora, depois de ler um estudo divulgado por pesquisadores da Escola de Medicina Icahn em Mount Sinai, em Nova York, tenho mais um motivo para focar meus hábitos alimentares além do meu peso.

 

A dieta MIND pode beneficiar pessoas com Esclerose Múltipla

De acordo com este estudo publicado em maio de 2021 na revista Multiple Sclerosis and Related Disorders, alguns aspectos de dois estilos alimentares específicos mostram maior integridade do tecido cerebral para pessoas com diagnóstico de EM há menos de cinco anos.

A dieta MIND (MIND em inglês significa “mente” e  a dieta é sigla para Mediterranean-DASH Intervention for Neurodegenerative Delay), que combina elementos da dieta mediterrânea e a dieta DASH (dash em inglês significa “movimento” e é sigla para Dietary Approaches to Stop Hypertension), tem sido o foco de pesquisas para outros distúrbios cerebrais, incluindo a doença de Alzheimer.

Este estudo mostrou os benefícios da dieta MIND em uma pequena coorte de 185 pessoas com EM que foram diagnosticadas nos últimos cinco anos.

Embora os pesquisadores admitam que o estudo foi limitado apenas àqueles que estavam muito no começo da sua jornada de Esclerose Múltipla, eles viram potencial suficiente em seus resultados para garantir mais financiamento da National Multiple Sclerosis Society para continuar fazendo pesquisas com as mesmas pessoas nos próximos anos.

 

O que vou comer na dieta MIND?

As especificidades das duas dietas (mediterrânea e Dash) incluem o aumento do consumo de:

  • vegetais de folhas verdes
  • frutas vermelhas
  • nozes
  • peixes
  • óleos saudáveis

E reduzem o consumo de:

  • carnes vermelhas e processadas
  • frituras
  • laticínios [embora o estudo tenha mostrado que uma maior ingestão de produtos lácteos integrais foi associada a menos lesões cerebrais de EM]

O aumento do consumo de ácidos graxos ômega-3 de peixes na dieta também foi associado a uma maior integridade estrutural do tecido cerebral dos participantes da pesquisa.

Uma dieta “saudável”, balanceada em frutas, vegetais e alimentos integrais e pobre em proteína animal há muito é vista como uma forma de preservar a saúde geral. 

Ao ajustar esse plano alimentar apenas um pouco, há evidências crescentes de que podemos estar fazendo um bom trabalho ao nosso cérebro, pois mantemos nosso corpo em forma e bem alimentado.

Desejo a você e sua família muita saúde.

Trevis

 

Leia mais no site da AME:

Tradução e adaptação: Redação AME – Amigos Múltiplos pela Esclerose

Fonte: Everyday Health

Escrito por Trevis Gleason, para Everyday Health, revisado em 15 de julho de 2021.

Explore mais

Qualidade de Vida

10 mitos da esclerose múltipla

Por Maurício Brum, da Redação AME/CDD   Você certamente já ouviu falar da esclerose múltipla. Mas, até pelo nome da doença e pelo desconhecimento sobre