Conheça 5 minerais Essenciais para a Esclerose Múltipla

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Antes de qualquer coisa eu preciso te falar que todos os minerais são essenciais você tendo ou não esclerose múltipla, entretanto eu fiz um acoplado com algumas delas para facilitar sua compreensão:

Manganês: Este é um micronutriente que está envolvido em diversas funções no nosso organismo como por exemplo formação de ossos, regulação enzimática e ainda está associado no processo de da atividade de neurotransmissores.

Boro: Este é um micronutriente que é pouco falado, entretanto com uma função gigantesca, importante na formação do embrião, crescimento e manutenção óssea, função imune, funções psicomotoras e ainda recentemente foi descoberto que o seu consumo melhora o funcionamento de outros nutrientes.

Magnésio: Este é um micronutriente que participa de muitas funções no organismo humano, desde transporte de potássio e cálcio, modulação do metabolismo energético e até mesmo em proliferação celular. Além disso, o magnésio desempenha um papel importantíssimo na atividade neuronal e excitabilidade cardíaca e, portanto, está totalmente associado à contração muscular.

Selênio: É um micronutriente essencial para o ser humano, principalmente para indivíduos que possuam doenças neurodegenerativas por suas características funcionais, dentre as suas funções podemos destacar a ação anticancerígena, potencialização do sistema imunológico pela sua importante ação antioxidante, participa de processos tireoidianos, diminui o risco de doenças cardiovasculares, entre outras.

Zinco: Dentre as suas principais funções destacam-se ter um potencial anti-inflamatório, participa do processo de defesa antioxidante atuando no sistema imune, tem ação no crescimento ósseo reduzindo perda de massa óssea, tendo também uma função essencial no sistema neuronal.

Você sabia que esses minerais eram importantes? Então o que acha de caprichar na alimentação para garantir esses benefícios tão importantes?

Explore mais

Conexão
blog

Conexão que transforma

O momento que recebi o diagnóstico de Esclerose Múltipla foi um divisor de águas na minha vida. Esse foi um ponto de virada de chave.