AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Vitamina D: Novas pesquisas e considerações

Vitamina D: Novas pesquisas e considerações

Quando se trata de EM, a vitamina D se destaca como sendo o alvo de muita pesquisa e foco, embora ainda não estamos inteiramente certos do papel, se existe algum, que ela pode ter no tratamento e prevenção da EM.

Dois novos trabalhos de pesquisa interessantes examinam os diferentes elementos da vitamina D e a EM – um olha para os níveis de vitamina D no nascimento, e o outro analisa a relação entre a vitamina D e neurite óptica.

Os níveis de vitamina D no momento do nascimento são importantes?

Vários estudos têm sugerido uma ligação entre o mês ou estação de nascimento e o risco posterior de desenvolver esclerose múltipla. A teoria por trás disso está ligada a uma proposta de que a deficiência de vitamina D pode ser um fator de risco para o desenvolvimento de EM: nós obtemos vitamina D da luz solar, e alguns meses são mais ensolarados do que outros – para as pessoas que nasceram após os meses de inverno que têm um risco maior de desenvolvimento de EM.

Um artigo publicado recentemente na revista Annals of Neurology tentou resolver esta questão. A fim de descobrir se os níveis de vitamina D no nascimento prevem o risco de desenvolver esclerose múltipla, os pesquisadores analisaram amostras de sangue colhidas no nascimento de pessoas nascidas na Suécia entre 1975 e 1994. Estas amostras de sangue foram usadas para medir e comparar o nível de vitamina D em pessoas com e sem EM.

Os pesquisadores descobriram que, embora os níveis de vitamina D no nascimento variassem drasticamente ao longo do ano – os níveis eram mais baixos em janeiro a abril e atingiram o pico em julho -estas diferenças não foram relacionadas com a taxa de desenvolvimento de EM mais tarde na vida.

Para certificar-se de que estes resultados não podem ser explicados por outros fatores, os pesquisadores também analisaram outros aspectos da vida dos participantes, tais como a dieta, a exposição média à luz solar, tabagismo e ter um parente com EM. Eles descobriram que todas essas variáveis ​​foram muito semelhantes em ambas as pessoas que fizeram e as pessoas que não desenvolveram EM, o que significa que os resultados não são susceptíveis de ser influenciados por esses fatores.

Assim, este estudo sugere que os níveis de vitamina D no nascimento, ou durante a gravidez, não tem nenhuma influência sobre o risco de desenvolvimento de EM mais tarde na vida. No entanto, é um nutriente essencial, necessário para os ossos e dentes saudáveis ​​durante o desenvolvimento e a infância, e suplementos de vitamina D são recomendados pelo SNS para as mulheres grávidas e lactantes.

Vitamina D e Neurite óptica

Em outro estudo recente publicado na revista Neurology, os pesquisadores descobriram que os níveis mais elevados de vitamina D foram associados com ataques menos graves de neurite óptica aguda (NOA) em adultos e jovens que relataram este como o sintoma inicial da EM.

Eles também descobriram que pessoas que tiveram os ataques mais graves da NOA também teve a recuperação mais pobre do ataque, e podem ter uma tendência para continuar a ter ataques graves. Isto pode significar que a vitamina D, por redução da gravidade dos ataques iniciais, pode desempenhar um papel em curso e os efeitos a longo prazo de NOA.

O estudo também descobriu que enquanto os jovens tendem a ter mais recaídas da NOA, eles também se recuperaram destes ataques melhor do que os adultos. No entanto, a vitamina D não estava diretamente associada a uma melhor recuperação após o ataque, então parece que o seu papel é apenas na prevenção da NOA, ao invés de reparo.

Analisados ​​em conjunto, estes resultados parecem apontar para um papel importante da vitamina D na prevenção ou redução da severidade dos sintomas da EM, com seus efeitos aparentemente não é necessário durante a gravidez, mas, possivelmente, durante a infância e a idade adulta jovem.

 

Mssociety.org.uk. Traduzido livremente. Imagem: Creative Commons.

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *