O impacto das altas temperaturas na EM

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

O verão está chegando e em algumas cidades do Brasil os termômetros chegaram aos 40 graus na última semana. Com isso vem a preocupação: o que faço com a EM e com esses sintomas nessa calor?

Não é regra, mas o calor ou umidade elevada podem fazer muitas pessoas com esclerose múltipla experimentarem um agravamento temporário dos sintomas. Os médicos acreditam que isso ocorre porque o calor faz com que os nervos (cuja mielina foi destruída pela EM) conduzam os sinais elétricos de forma ainda menos eficiente.

Reunimos aqui 5 dicas e 5 textos já publicados na AME para ajudar você, Amigo Múltiplo, a lidar com a piora dos sintomas nessa estação que promete ser muito quente.

5 DICAS

1. Evite temperaturas extremas. As temperaturas extremas podem piorar os sintomas da esclerose múltipla.

2. Evite exercícios ao ar livre (no sol) em dias quentes e úmidos.

3. Use ar condicionado. Tente ficar em locais frescos sempre que possível. Sabemos que manter um ar condicionado para muitas pessoas ainda é um luxo, mas se você tiver condições, tenha o ar condicionado como um tratamento. Não podendo ter um ar condicionado, tenta manter a casa resfriada com ventiladores.

4. Use coletes de resfriamento em dias extremamente quentes.

5. Não tome banhos muito quentes, evite piscinas aquecidas e saunas.

5 TEXTOS:

1. Dieta de baixa caloria para melhorar a fadiga 

2. Calor e sensibilidade à temperatura

3. Dicas para gerenciar o calor

4. Ar condicionado portátil

5. Calor e exercício

É importante lembrar que, embora o clima possa agravar os sintomas de EM, as mudanças climáticas dificilmente produzem um surto. Os efeitos adversos das altas temperaturas são, geralmente temporários. No entanto, pode demorar mais tempo (alguns dias) para você se recuperar se ficar superaquecido.

E você, o que faz para amenizar os sintomas nos dias de calor? Conta pra gente!

• Evite temperaturas extremas. As temperaturas extremas podem piorar os sintomas da esclerose múltipla. • Evite exercícios em dias quentes e úmidos, e nunca exercer a ponto de fadiga. • Use ar condicionado. Se as condições quentes e úmidos piorar seus MS, tente ficar em local fresco e seco, tanto quanto possível. A casa de ar condicionado podem ser dedutíveis de impostos para algumas pessoas com MS; fale com o seu médico. Algumas pessoas usam um colete de resfriamento em dias extremamente quentes. • É importante lembrar que, embora o clima pode agravar os sintomas de MS, as mudanças climáticas não produzir mais dano do nervo real. Os efeitos adversos da temperatura e umidade são geralmente temporária. No entanto, pode demorar mais tempo (alguns dias) para recuperar se você ficar superaquecido.

 

Reda̤̣o AME РAmigos M̼ltiplos pela Esclerose

Explore mais

Qualidade de Vida

10 mitos da esclerose múltipla

Por Maurício Brum, da Redação AME/CDD   Você certamente já ouviu falar da esclerose múltipla. Mas, até pelo nome da doença e pelo desconhecimento sobre