Estudo do impacto da velocidade de processamento na formação cognitiva

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Pesquisadores da Fundação Kessler publicaram uma  anealise do julgamento MEMREHAB, o que mostra que a terapia com a técnica de Modificação de Histórico da Memória (MSMT) podem ser afetados pela disfunção cognitiva. Os investigadores analisatam a influência da velocidade de processamento em benefícios do MSMT, um protocolo de intervenção cognitiva – 10 sessões mostraram melhorar a nova aprendizagem e memória em indivíduos com EM. A influência da disfunção cognitiva em benefício da aprendizagem e de reabilitação da memória na EM: A sub-análise do estudo MEMREHAB, foi publicada online em 6 de fevereiro no Multiple Sclerosis Journal. Os autores são John DeLuca, PhD, e Nancy Chiaravalloti, PhD, da Fundação Kessler.
Déficits na velocidade de processamento, que são comuns na EM, foram mostrados como afetando negativamente o funcionamento cognitivo e diário. “Esta evidência suporta a necessidade de investigar a influência da velocidade de processamento no desempenho das intervenções cognitivas”, disse Nancy Chiaravalloti, PhD, diretor de neurociência e neuropsicologia e Traumatic Brain Injury (TBI) Pesquisa da Fundação Kessler. “

O julgamento MEMREHAB incluiu 85 pessoas com EM; 45 receberam a intervenção e 40 controles. Metade apresentaram ter déficits de velocidade de processamento; todos tiveram comprometimento da memória como um critério para a participação no julgamento. Entre os participantes com déficits na velocidade de processamento, a MSMT não foi tão benéfica. Desempenho em SDMT (Digit Symbol Modalidades Test) esteva determinado a ser um indicador para o benefício MSMT.
“A velocidade de processamento pode ser um indicador de declínio cognitivo, que pode ser um fator no benefício reduzido com MSMT”, disse Dr. Chiaravalloti. “Além disso, a aprendizagem e as deficiências de memória podem ter diferentes mecanismos. Em indivíduos com déficits no processamento, prejuízo no aprendizado e memória podem decorrer dificuldades com a memória de trabalho e atenção, assim como uma velocidade de processamento mais lenta. Isso também poderia afetar os resultados sobre a MSMT.”

Fonte: Kessler Foundation. Traduzido livremente. Imagem: Creative Commons.

Explore mais

Qualidade de Vida

10 mitos da esclerose múltipla

Por Maurício Brum, da Redação AME/CDD   Você certamente já ouviu falar da esclerose múltipla. Mas, até pelo nome da doença e pelo desconhecimento sobre