AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

7 erros que as pessoas com EM costumam cometer

7 erros que as pessoas com EM costumam cometer

Não existem dúvidas sobre uma coisa: a esclerose múltipla (EM) é uma doença desafiadora. Mas é um desafio que você pode gerenciar, aprendendo sobre ela e tomando decisões de estilo de vida e tratamento inteligentes. Leia mais para descobrir o que você está fazendo certo e como pode fazer escolhas ainda melhores no futuro.

1) Não ter abertura com seu médico

Algumas pessoas hesitam em falar de questões tão sensíveis como problemas com sexo, controle da bexiga, esquecimento, ou depressão nas visitas ao médico. Lembre-se que outros pacientes com esclerose múltipla também têm estas preocupações. O seu médico provavelmente tem observados problemas semelhantes em outras pessoas e pode sugerir formas eficazes de gerenciá-los. Mas para isso você terá que dividir com ele o que está na sua mente.

2) Evitar aderir ao tratamento

Drogas modificadoras da doença (injeções: Avonex, Betaseron, Copaxone, Extavia, Rebif; via oral: Aubagio, Gilenya, Tecfidera) pode reduzir os surtos causados pela EM e diminuir a progressão da doença. Algumas pessoas decidem não aderir a estes medicamentos poderosos porque tem medo de injeções ou se preocupam com efeitos colaterais. No entanto, aderir aos fármacos logo no início do diagnóstico pode ser de grande ajuda, portanto, não perca tempo!

3) Parar de praticar atividade física

A EM pode acabar com sua energia ou limitar certas atividades físicas, mas é de importância vital manter-se em movimento. A atividade física regular melhora a sua saúde geral, além de ajudar a manter sua resistência e humor. Além disso, ela ajuda muito a gerenciar os sintomas da EM, tais como fadiga, fraqueza, e os espasmos musculares. Converse com o seu médico para decidir qual o melhor plano de exercício para você.

4) Deixar o estresse tomar conta

EM pode ser uma doença difícil e imprevisível. Você não pode evitar o estresse sempre. Mas você pode controlar como você responderá a ele. Maneiras comprovadas de combater o estressa incluem ioga, meditação, exercício, pensamento positivo, e aproveitar algum tempo com a família e amigos. Grupos de apoio e aconselhamento também pode ajudar.

5) Recusar-se a usar algo que ajude na mobilidade, caso você precise

Algumas pessoas com EM podem se negar a usar uma bengala, andador, ou cadeira de rodas quando necessário por enxergarem como um sinal de deficiência. Usar algo que ajude na sua mobilidade, na verdade, ajuda a maximizar suas habilidades. Permitindo que você vá onde quiser, enquanto economiza energia para que possa estar mais disposto quando chegar lá.

6) Não fazer certas adaptações na sua casa

Não espere que você esteja passando algum aperto para se preocupar em adaptar a sua casa para a EM. Ao modificar a sua casa agora, você pode economizar energia, aumentar o conforto, evitar quedas, e ficar mais independente. Exemplos de mudanças nesse sentido incluem uma boa iluminação, piso antiderrapante, barras de apoio, e lugares de armazenamento em geral (como armários e dispensas) de fácil alcance. Consultar um terapeuta ocupacional pode ajudar na hora de pensar em sugestões personalizadas.

7) Parar o tratamento para EM

Drogas modificadoras da doença para EM devem ser tomadas a longo prazo. Algumas pessoas param de tomá-las devido a problemas com os efeitos colaterais. No entanto, aderir ao tratamento é a melhor maneira de retardar a doença. Se você tiver dúvidas, ou estiver tendo algum efeito colateral, fale com o seu médico, para juntos buscarem uma solução, mas não pare o seu tratamento por conta própria.

Fonte: http://medprecautions.com. Traduzido livremente. Imagem: Creative Commons.

ame

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta