AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

4 PASSOS PARA AJUDAR ALGUÉM QUE VOCÊ AMA A VIVER COM A EM

4 PASSOS PARA AJUDAR ALGUÉM QUE VOCÊ AMA A VIVER COM A EM

A esclerose múltipla é uma doença que pode, potencialmente, dominar a sua vida, bem como a vida das pessoas mais próximas a você. No entanto, isso não significa que sua vida se resuma a ela. Estar ao lado de alguém com EM requer apenas algumas mudanças de horários e aumenta a necessidade de comunicação e compreensão. Se um de seus entes queridos foi diagnosticado com esclerose múltipla, é comum que ele se sinta completamente esmagada e ansioso, mas há muitas coisas que você pode fazer para ajudá-lo a lidar com o diagnóstico e continuar levando uma vida plena e saudável.

1) Saiba mais sobre a EM

Em primeiro lugar e acima de tudo, você deve fazer perguntas e fazer sua própria investigação a respeito da EM, afinal, a EM afeta cada paciente de forma diferente, por isso é tão importante falar sobre os sintomas específicos e a forma como ela afeta quem você convive. Descobrir o que está acontecendo e como lidar com isso vai ajudar você a descobrir os seus próprios mecanismos de enfrentamento.

Se você não pode ir a consultas médicas com a pessoa de quem você é próximo, há muitos recursos online que podem ajudar a entender sobre a doença e seus sintomas. Uma boa dica é acompanhar sites e blogs sobre a EM, e participar de fóruns onde os pacientes e seus entes queridos podem trocar perguntas, preocupações e dicas úteis.

2) Se atualize (com frequência) sobre aquele que está ao seu lado

Quando você começa a entender a doença, você vai perceber que o apoio emocional é extremamente importante. É por isso que você deve estar por dentro daquilo que aquele que está ao seu lado está passando no momento, tanto física como emocionalmente.

Um simples telefonema para um amigo pode fazer uma enorme diferença, especialmente se ele estiver se sentindo mal naquele dia.

Se o seu cônjuge ou parceiro tem EM, interações afetivas sutis serão um forte lembrete de que você está lá para ele. Segurar sua mão quando você se sentar no sofá ou enquanto o acompanha em consultas médicas demonstra seu apoio e disponibilidade. É importante manter a constância das visitas, telefonemas, e demonstrações de carinho para que aquele que está ao seu lado saiba que pode confiar em você. Muitas vezes, os pacientes se sentem como um peso para a família e os amigos, e é seu trabalho lembrá-lo de que isso não é verdade.

3) Construa uma vida social

Uma vez que a EM pode afetar o movimento físico e o bem-estar emocional, você pode começar a reparar que aquele que está ao seu lado evita situações sociais ou perde o interesse em atividades que antes gostava. Ajudá-lo a manter uma vida social, optando por atividades e passeios que sejam fáceis, relaxante e/ou de baixo estresse é uma boa dica.

Se sair pode tornar-se mais difícil à medida que a doença progride mais, trazer os amigos para casa é uma ótima opção, e vai ajudar a reduzir o stress de ter um surto, por exemplo. Dentro de casa, banheiros próximos são sempre convenientes, sem esquecer dos cuidados com a medicação.

4) Faça planos para o futuro

Além de ajudar seu amado a manter uma vida social saudável e gratificante, você também pode ajudá-lo a planejar o futuro. Não deixando cair sob a crença de que ele já não podem sonhar com certas atividades ou férias divertidas, simplesmente por causa do diagnóstico de EM.

Enquanto você visita o seu amado, uma boa dica é lembrar dos passatempos que você amaria fazer, mas nunca teve oportunidade. Ofereça-se para explorar essas novas atividades com ele, tendo aulas juntos, participando de eventos, ou simplesmente fazendo uma viagem. A EM pode significar que aquele ao seu lado pode ter que priorizar suas próprias atividades, além de algum tempo para descansar, mas de forma alguma impede de vocês passarem ótimos momentos juntos.

Ajudar alguém a reduzir o stress é um método fundamental para ajudar a lidar com o diagnóstico de EM e pode ser complicado, mas seguindo estas dicas, e buscar entender a doença, já é um grande passo para demonstrar seu apoio, preocupação e carinho com quem você ama, sendo, por vezes, determinante na forma como ele lidará com as novas mudanças em seu estilo de vida. Aproveite o tempo livre para perguntar como ele está e, dentro dos seus limites, ofereça assistência quando necessário, mesmo que seja na forma de um abraço ou de um simples passeio de carro. Ajudar quem você ama a lidar com a EM não só irá ajudar a viver melhor, como também será determinante para o seu relacionamento.

 

Fonte: MSLivingSymptomFree. Traduzido livremente. Imagem: Creative Commons.

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.