Exercícios e Esclerose Múltipla: continuando e mantendo o hábito

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

Essa é a segunda parte de um conteúdo sobre exercícios físicos para pessoas com Esclerose Múltipla, em que falaremos sobre como manter esse hábito e incorporá-lo à sua rotina. Para conferir a primeira parte, onde abordamos as etapas antes do exercício e como começá-lo, clique aqui.

 

Pode ser que se excercitar pela primeira vez tenha sido ótimo – ou pode não ter sido tão satisfatório! Ainda assim, você pode ter se sentido melhor por uma liberação de hormônios e pela compreensão de que está cuidando da sua saúde no longo prazo.

Contudo, como manter essa rotina de exercícios? Construir esse hábito pode ser desafiador – mas há algumas dicas que podem ajudá-lo.

Continuando

Os benefícios positivos do exercício desaparecem se você parar. É importante encontrar exercícios que você goste de fazer, porque assim você os manterá. Também é útil pensar sobre as razões pelas quais você pode desistir de se exercitar depois de começar.

Todo mundo é individual e algumas pessoas gostam de se exercitar em grupo – em uma aula ou como parte de uma equipe. Outros gostam de trabalhar individualmente, talvez na academia, piscina ou em casa. Encontre o que parece certo para você.

  • Estabeleça metas sensatas. Você pode perder a motivação se não atingir seus objetivos em um prazo razoável. Comece devagar e então você pode aumentar o desafio mais tarde.
  • Outras pessoas podem ajudar a mantê-lo motivado. Você pode gostar de participar de um programa de exercícios, aula ou comunidade online onde você pode compartilhar seus objetivos e motivar uns aos outros. Se você preferir se exercitar sozinho, conte às pessoas sobre seus objetivos e peça-lhes que o apoiem.
  • Não se preocupe se você perder um dia, tudo conta. Orgulhe-se do que você conquistou e não seja muito duro consigo mesmo se ficar para trás.
  • O tédio é um problema real para muitas pessoas. Você pode se cansar de fazer a mesma atividade semana após semana, portanto, esteja preparado para adicionar um pouco de variedade à sua rotina.
  • Use um aplicativo ou dispositivo para tornr o exercício um jogo, talvez contando passos ou distâncias percorridas. Desafie-se a melhorar um pouco a cada semana. Comece suavemente e aumente gradualmente.
  • Encontre um bom momento do dia ou da semana para fazer exercícios. Incorpore exercícios em sua vida diária, como ter mais tempo para caminhar em vez de ir de carro.
  • Faça isso por uma boa causa! Levante dinheiro, conscientize-se ou apenas faça algo que faça a diferença, como catar lixo ao caminhar ou correr. Você descobrirá que continua quando os outros contam com você.

Mantendo exercícios em sua rotina diária

Ficar ativo não precisa envolver roupas e equipamentos especiais. Qualquer coisa que faça você respirar um pouco mais fundo e aumente sua frequência cardíaca é considerado “exercício”. Pode ser dançar, nadar, fazer jardinagem ou caminhar.

Você pode fazer pequenas mudanças para aumentar sua capacidade cardiovascular – talvez caminhar mais rápido em parte de seu trajeto normal (entre pontos de referência como assentos no parque ou lojas na rua), subir as escadas em vez de usar o elevador, mexer o jardim um pouco mais vigorosamente. O aumento na velocidade ou esforço precisa ser apenas para parte da atividade, mas você deve estar atento para respirar mais profundamente e se sentir um pouco mais quente devido ao efeito na circulação.

É bom ter um gatilho para lembrá-lo de se exercitar. Talvez faça um exercício quando os anúncios ou o tempo passarem na televisão, ou quando estiver esperando a chaleira ferver. Mesmo exercícios curtos farão diferença no seu condicionamento físico.

Quando você iniciar seu programa, escolha alguns exercícios que você sabe que será capaz de fazer e aumentar gradualmente. No início, você pode escolher talvez dois exercícios e praticá-los todos os dias pelo menos uma vez – talvez de manhã e à tarde. Em seguida, escolha um dia da semana e uma boa hora do dia. Selecione mais alguns exercícios diferentes e siga um programa mais longo.

Não adianta definir uma meta tao alta que você não será capaz de alcançá-la. Você pode descobrir que pode fazer mais repetições de cada exercício, mas é sensato começar com um número baixo e aumentar gradualmente. Quando você quiser aumentar o número de exercícios, adicione apenas uma ou duas repetições por pelo menos três dias antes de fazer qualquer coisa a mais.

Certifique-se de verificar como você se sente – especialmente para sinais de aumento da fadiga – antes de se desafiar ainda mais.

Finalmente, quando você está se exercitando, é importante respirar! Muitas pessoas prendem a respiração quando fazem exercícios e isso não é uma boa ideia! Lembre-se de inspirar e expirar fundo e aproveite o momento.

 

Fontes: MS Trust

Tradução e adaptação: Redação CDD – Crônicos do Dia a Dia

Explore mais