Desânimo

Olá queridos, tudo bem com vocês?  

Comigo nem tanto. Ando numa fase bem desanimada. A EM está quietinha já faz algum tempo e isso é bom, mas o fato de não haver novas manifestações e sintomas, não significa que os velhos desapareceram. 

Estamos no inverno e apesar de sofrer horrores com o calor, odeio o inverno com todas as minhas forças. Os dias predominantemente cinzas favorecem o isolamento e a depressão. O frio aumenta minhas dores os formigamentos passam a ser também doloridos. Apesar do frio, qualquer movimento me faz suar e o suor de encontro ao ar frio me faz ficar doente. Não tive gripe, mas desde a primeira onda de frio mais intenso tenho tido um resfriado atrás do outro e com eles, dor de garganta, sinusite e bronquite. 

Parei de fumar. Já fazem 2 meses. Isso também é bom, mas ainda  sofrendo e muito com a ansiedade. 

Ando extremamente desatenta, cansada, isolada. Sem vontade de nada, sem achar graça em nada. 

Pra completar esse quadro desolador de ansiedade, depressão e mal estar generalizado, este ano não teremos nosso encontro de blogueiros, momento esperado do ano onde eu sempre renovo muito as energias com a troca calorosa que acontece sempre nesses encontros. 

Por tudo isso, peço desculpas a vocês por esse texto tão chato e lamentoso, mas não ando bem mesmo. Vir aqui e escrever isso, desabafar um pouquinho com vocês, certamente fará eu me sentir melhor e desde já agradeço. Pela paciência e pelo carinho, muito obrigada!