AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

SOU CADEIRANTE. COMO POSSO CURTIR O CARNAVAL?

SOU CADEIRANTE. COMO POSSO CURTIR O CARNAVAL?

Carnaval é época de alegria e diversidade. Por isso, se você pretende cair na folia com a mão na roda, é preciso se preparar para tentar evitar imprevistos pela frente e poder se divertir a vontade.

Não é porque uma pessoa utiliza cadeira de rodas para se locomover, que ela não vai ter momentos de lazer. Esses momentos também incluem a época de fevereiro, mês conhecido pelas festas de carnaval.

Como sabemos, ainda falta muito o que avançar nas questões de acessibilidade, principalmente em eventos festivos. Por isso, antes de sair de casa, é sempre importante se programar. Isso inclui consultar caminhos, locais acessíveis, dentre outros.

Neste post, iremos dar algumas dicas para que pessoas com deficiência física possam curtir o carnaval numa boa com a cadeira de rodas! Siga a leitura e anote tudo.

PLANEJE O CAMINHO DA FOLIA
Antes de qualquer coisa, é imprescindível analisar o trajeto pelo qual a festa vai acontecer ou que seu bloco vai passar. Dificilmente o caminho será totalmente acessível, pode ser que terrenos irregulares possam fazer parte do percurso e por isso é importante estar ciente para não ser pego de surpresa.

Hoje em dia, com aplicativos para localização, é possível conferir o trajeto direto de casa. Pesquise na internet por onde seu bloco vai passar e se terá como acompanhá-lo durante toda via. Caso não seja viável, é só marcar os pontos dos quais será fácil de acompanhá-lo e os outros que o usuário da cadeira de rodas terá que parar e/ou encontrar outra forma de segui-lo.

Para consultar o caminho, você pode acessar o recurso do Google Maps, que disponibiliza vistas panorâmicas de 360º na horizontal e 290º na vertical, para que as pessoas possam visualizar as condições da região ao nível do chão.

APERTOU, E AGORA?
E falando em parar, não esqueça que na maioria das vezes esses trajetos são longos. Não deixe de fazer paradas para descanso e repor as energias. Além de ir ao banheiro!

Mesmo que sejam disponibilizados vários banheiros químicos, eles nunca são o suficiente para eventos grandes. Encontrar os acessíveis, é mais difícil ainda, e quando o são, podem estar sujos. Por isso, é interessante consultar os restaurantes e estabelecimentos que estão localizados no caminho e que estarão abertos, assim, é só escolher alguns como pontos estratégicos para realizar as paradas de necessidades.

OLHA A ÁGUA MINERAL!
Fevereiro é um mês quente de verão. Já pensou estar na multidão ou na rodinha de amigos com o sol alto do dia? É calor e sede na certa! Por isso, não deixe de se hidratar no caminho. Levar uma garrafinha de água faz toda a diferença.

Além disso, é importante se preparar um dia antes, mantendo-se hidratado e disposto para o dia da folia. Afinal, ingerir uma grande quantidade de líquido faz você ir até o banheiro mais vezes, e no meio do caminho será mais complicado parar para realizar as necessidades sendo usuário de cadeira de rodas.

E não esqueça: se ingerir bebidas alcoólicas, não dirija. Uma dica para não exagerar é sempre intercalar o consumo com água, afinal, não é nada legal passar mal e terminar com a festa cedo demais.

CUIDADO COM OS DESCUIDADOS
É comum encontrar uma grande parcela de pessoas em um mesmo local no carnaval e, na maioria das vezes, isso se transforma em uma multidão. Aperto, passos devagar e possíveis batidas. Pois é, há os descuidados que, por conta da animação, podem não enxergar a cadeira de rodas e acabar esbarrando-a.

Não deixe que isso aborreça o passeio. Provavelmente isso pode acontecer sem querer, afinal, algumas pessoas acabam se animando demais e esquecendo do resto a sua volta. Por isso, esteja atento quando ver que isso pode acontecer, peça licença e siga em frente. Se você preferir, pode chamar atenção com uma buzininha.

COM OS AMIGOS, É MUITO MELHOR
Há quem goste de se divertir sozinho. Mas quando se tem amigos por perto, é bem melhor. Principalmente para quem utiliza cadeira de rodas, que por uma vez ou outra, pode precisar de ajuda para transpor um obstáculo, por exemplo.

Por isso, opte por estar acompanhado. Nunca se sabe quando uma ajudinha será preciso.

NÃO ESQUEÇA DA FANTASIA
A parte mais divertida ao se preparar para o Carnaval é a escolha da roupa. Estar em uma cadeira de rodas não é motivo para não se fantasiar, aliás, enfeitar o equipamento também é uma forma divertida de deixar o look muito mais descontraído e bonito.

Por isso, abuse das cores, do glitter e da criatividade!

DEPOIS DA FOLIA, VEM A CALMARIA
Para curtir o carnaval é preciso ter pique. São vários dias de festa e é preciso ter em mente que uma pessoa em cadeira de rodas irá aproveitá-los o tempo inteiro sentado, e isso pode causar muito mais cansaço e dores musculares.

É importante não exagerar e não ultrapassar os limites do corpo. Quando a festa acabar, é preciso tirar um dia para descansar e cuidar da saúde física. Relaxe os músculos e, se possível, peça ajuda para massagens e alongamento das partes do corpo.

ÚLTIMO E NÃO MENOS IMPORTANTE: APROVEITE COM MODERAÇÃO
Sabemos que a época do carnaval é conhecida pela intensa descontração das pessoas. Todos gostam de dançar, pular, rir e se divertir. As vezes, pode ser que a animação ultrapasse limites e alguns prejuízos aconteçam. E isso serve tanto para pessoas que usam cadeira de rodas, ou não.

Para que nada saia do roteiro e acabe interrompendo os momentos de folia, não abuse de bebidas alcoólicas. Se a coisa esquentar, não esqueça da camisinha. A saúde e a segurança devem estar em primeiro lugar.

Em São Paulo, o Sambódromo do Anhembi tem áreas reservadas para pessoas com deficiência em todos os setores, com 70 lugares para cadeirantes e mais 70 para acompanhantes. A Prefeitura oferece transporte gratuito para pessoas com deficiência em vans do serviço Atende+ nas estações Barra Funda e Tietê do Metrô, além de estacionamento no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

No Rio de Janeiro, no sambódromo junto à Praça da Apoteose, após as frisas do Setor 13, são disponibilizados 300 lugares para Portadores de Necessidades Especiais (PNEs) com direito a um acompanhante.

OPÇÕES ALTERNATIVAS PARA CURTIR O CARNAVAL
As festas de carnaval podem ser muito divertidas para algumas pessoas, mas para outras, nem tanto. Tanto por gostos pessoais, como pelas dificuldades mais avançadas do uso da cadeira de rodas ou porque naquele ano não sobrou a graninha extra para aproveitar o feriado. De qualquer forma, existem muitas outras alternativas para não deixar os dias de folia passarem em branco.

FILMES

Que tal aproveitar para curtir nossas indicações do #AMEPipoca? Toda semana publicamos em nossa página no Facebook dicas de filmes 😉

VAI VIAJAR?

Você já conhece o nosso Guia do Viajante Esclerosado? Nele você encontra dicas para viajar com muito mais segurança e se divertir sem stress. Aqui segue o link do ebook, para você baixar gratuitamente: http://bit.ly/2mZSPtQ

O IMPORTANTE É ESTAR BEM COM SUA ESCOLHA
Não importa a data. Se é carnaval ou não. O importante é estar contente com suas decisões e estar preparado para aproveitar a vida da melhor forma possível.

O lazer é fundamental para saúde física e mental da pessoa com deficiência. Além de proporcionar prazer e satisfação pessoal, é uma ótima oportunidade para o desenvolvimento humano. Com alguns cuidados e precauções previstos antecipadamente, é possível evitar contratempos e sair da rotina, experimentando sensações novas com o máximo de acessibilidade possível.

Opções não faltam para aproveitar cada momento do carnaval ou de lazer de uma forma geral. Inspire-se e aproveite!

Fonte: http://bit.ly/2nNERex, http://bit.ly/2E3SIEn, http://bit.ly/2GPCLmUe-3986″ />
Carnaval é época de alegria e diversidade. Por isso, se você pretende cair na folia com a mão na roda, é preciso se preparar para tentar evitar imprevistos pela frente e poder se divertir a vontade.

Não é porque uma pessoa utiliza cadeira de rodas para se locomover, que ela não vai ter momentos de lazer. Esses momentos também incluem a época de fevereiro, mês conhecido pelas festas de carnaval.

Como sabemos, ainda falta muito o que avançar nas questões de acessibilidade, principalmente em eventos festivos. Por isso, antes de sair de casa, é sempre importante se programar. Isso inclui consultar caminhos, locais acessíveis, dentre outros.

Neste post, iremos dar algumas dicas para que pessoas com deficiência física possam curtir o carnaval numa boa com a cadeira de rodas! Siga a leitura e anote tudo.

PLANEJE O CAMINHO DA FOLIA
Antes de qualquer coisa, é imprescindível analisar o trajeto pelo qual a festa vai acontecer ou que seu bloco vai passar. Dificilmente o caminho será totalmente acessível, pode ser que terrenos irregulares possam fazer parte do percurso e por isso é importante estar ciente para não ser pego de surpresa.

Hoje em dia, com aplicativos para localização, é possível conferir o trajeto direto de casa. Pesquise na internet por onde seu bloco vai passar e se terá como acompanhá-lo durante toda via. Caso não seja viável, é só marcar os pontos dos quais será fácil de acompanhá-lo e os outros que o usuário da cadeira de rodas terá que parar e/ou encontrar outra forma de segui-lo.

Para consultar o caminho, você pode acessar o recurso do Google Maps, que disponibiliza vistas panorâmicas de 360º na horizontal e 290º na vertical, para que as pessoas possam visualizar as condições da região ao nível do chão.

APERTOU, E AGORA?
E falando em parar, não esqueça que na maioria das vezes esses trajetos são longos. Não deixe de fazer paradas para descanso e repor as energias. Além de ir ao banheiro!

Mesmo que sejam disponibilizados vários banheiros químicos, eles nunca são o suficiente para eventos grandes. Encontrar os acessíveis, é mais difícil ainda, e quando o são, podem estar sujos. Por isso, é interessante consultar os restaurantes e estabelecimentos que estão localizados no caminho e que estarão abertos, assim, é só escolher alguns como pontos estratégicos para realizar as paradas de necessidades.

OLHA A ÁGUA MINERAL!
Fevereiro é um mês quente de verão. Já pensou estar na multidão ou na rodinha de amigos com o sol alto do dia? É calor e sede na certa! Por isso, não deixe de se hidratar no caminho. Levar uma garrafinha de água faz toda a diferença.

Além disso, é importante se preparar um dia antes, mantendo-se hidratado e disposto para o dia da folia. Afinal, ingerir uma grande quantidade de líquido faz você ir até o banheiro mais vezes, e no meio do caminho será mais complicado parar para realizar as necessidades sendo usuário de cadeira de rodas.

E não esqueça: se ingerir bebidas alcoólicas, não dirija. Uma dica para não exagerar é sempre intercalar o consumo com água, afinal, não é nada legal passar mal e terminar com a festa cedo demais.

CUIDADO COM OS DESCUIDADOS
É comum encontrar uma grande parcela de pessoas em um mesmo local no carnaval e, na maioria das vezes, isso se transforma em uma multidão. Aperto, passos devagar e possíveis batidas. Pois é, há os descuidados que, por conta da animação, podem não enxergar a cadeira de rodas e acabar esbarrando-a.

Não deixe que isso aborreça o passeio. Provavelmente isso pode acontecer sem querer, afinal, algumas pessoas acabam se animando demais e esquecendo do resto a sua volta. Por isso, esteja atento quando ver que isso pode acontecer, peça licença e siga em frente. Se você preferir, pode chamar atenção com uma buzininha.

COM OS AMIGOS, É MUITO MELHOR
Há quem goste de se divertir sozinho. Mas quando se tem amigos por perto, é bem melhor. Principalmente para quem utiliza cadeira de rodas, que por uma vez ou outra, pode precisar de ajuda para transpor um obstáculo, por exemplo.

Por isso, opte por estar acompanhado. Nunca se sabe quando uma ajudinha será preciso.

NÃO ESQUEÇA DA FANTASIA
A parte mais divertida ao se preparar para o Carnaval é a escolha da roupa. Estar em uma cadeira de rodas não é motivo para não se fantasiar, aliás, enfeitar o equipamento também é uma forma divertida de deixar o look muito mais descontraído e bonito.

Por isso, abuse das cores, do glitter e da criatividade!

DEPOIS DA FOLIA, VEM A CALMARIA
Para curtir o carnaval é preciso ter pique. São vários dias de festa e é preciso ter em mente que uma pessoa em cadeira de rodas irá aproveitá-los o tempo inteiro sentado, e isso pode causar muito mais cansaço e dores musculares.

É importante não exagerar e não ultrapassar os limites do corpo. Quando a festa acabar, é preciso tirar um dia para descansar e cuidar da saúde física. Relaxe os músculos e, se possível, peça ajuda para massagens e alongamento das partes do corpo.

ÚLTIMO E NÃO MENOS IMPORTANTE: APROVEITE COM MODERAÇÃO
Sabemos que a época do carnaval é conhecida pela intensa descontração das pessoas. Todos gostam de dançar, pular, rir e se divertir. As vezes, pode ser que a animação ultrapasse limites e alguns prejuízos aconteçam. E isso serve tanto para pessoas que usam cadeira de rodas, ou não.

Para que nada saia do roteiro e acabe interrompendo os momentos de folia, não abuse de bebidas alcoólicas. Se a coisa esquentar, não esqueça da camisinha. A saúde e a segurança devem estar em primeiro lugar.

Em São Paulo, o Sambódromo do Anhembi tem áreas reservadas para pessoas com deficiência em todos os setores, com 70 lugares para cadeirantes e mais 70 para acompanhantes. A Prefeitura oferece transporte gratuito para pessoas com deficiência em vans do serviço Atende+ nas estações Barra Funda e Tietê do Metrô, além de estacionamento no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

No Rio de Janeiro, no sambódromo junto à Praça da Apoteose, após as frisas do Setor 13, são disponibilizados 300 lugares para Portadores de Necessidades Especiais (PNEs) com direito a um acompanhante.

OPÇÕES ALTERNATIVAS PARA CURTIR O CARNAVAL
As festas de carnaval podem ser muito divertidas para algumas pessoas, mas para outras, nem tanto. Tanto por gostos pessoais, como pelas dificuldades mais avançadas do uso da cadeira de rodas ou porque naquele ano não sobrou a graninha extra para aproveitar o feriado. De qualquer forma, existem muitas outras alternativas para não deixar os dias de folia passarem em branco.

FILMES

Que tal aproveitar para curtir nossas indicações do #AMEPipoca? Toda semana publicamos em nossa página no Facebook dicas de filmes 😉

VAI VIAJAR?

Você já conhece o nosso Guia do Viajante Esclerosado? Nele você encontra dicas para viajar com muito mais segurança e se divertir sem stress. Aqui segue o link do ebook, para você baixar gratuitamente: http://bit.ly/2mZSPtQ

O IMPORTANTE É ESTAR BEM COM SUA ESCOLHA
Não importa a data. Se é carnaval ou não. O importante é estar contente com suas decisões e estar preparado para aproveitar a vida da melhor forma possível.

O lazer é fundamental para saúde física e mental da pessoa com deficiência. Além de proporcionar prazer e satisfação pessoal, é uma ótima oportunidade para o desenvolvimento humano. Com alguns cuidados e precauções previstos antecipadamente, é possível evitar contratempos e sair da rotina, experimentando sensações novas com o máximo de acessibilidade possível.

Opções não faltam para aproveitar cada momento do carnaval ou de lazer de uma forma geral. Inspire-se e aproveite!

Fonte: http://bit.ly/2nNERex, http://bit.ly/2E3SIEn, http://bit.ly/2GPCLmU

ame

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta