A necessidade de uma reforma da previdência, humanizada

Bom dia, amigos múltiplos!

Que é urgente que haja reforma na previdência não temos dúvida. Num futuro próximo viveremos uma forte crise se nada for feito, levando em conta que o crescimento da população ocorre em ciclos, conforme o conceito que descreve a dinâmica do crescimento. Em outras palavras: a transição demográfica. Hoje, necessitamos de uma reforma da previdência humanizada.

A maneira mais inteligível de mostrar algo, para mim, é numericamente. Os números clareiam meu pensamento e me fornecem dados mais precisos sobre o assunto. A minha maior questão é que esses mesmos números  não levam em conta a manutenção da vida de quem precisa, na época em que essa necessidade urge! Devemos trazer esses mesmos números ao nosso favor!

Para quê precisamos da aposentadoria por invalidez? Escuto os maiores despautérios: para ganhar dinheiro fácil, por preguiça de trabalhar, por desonestidade… Muitos não sabem que sou um desses números da receita federal que está aposentada por invalidez. O pior, quando descobre diz: “jura? nem parece! Como você conseguiu?” Dói na alma! Nada do que eu e tantas pessoas estamos passando é digno de quem somos hoje e de quem fomos quando estávamos produtivos economicamente para o nosso país.

Isso foi mais um desabafo, de quem está tendo que provar várias vezes, com vários laudos de médicos e exames, de diversos e diferentes profissionais, habilitações e profissões. A minha doença é multidisciplinar e eu ainda tenho o agravante da comorbidade. Um desabafo humano, demasiadamente humano, de quem tem aprendido diariamente com meu pai, que luta para sobreviver, depois de quatro cirurgias em 20 dias, para extração de um câncer no intestino, que a vida é o nosso bem mais incerto, porém, mais precioso!