Sangramento Uterino Anormal: conheça sinais, sintomas e tratamentos

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Nova temporada da série de podcasts Mulheres Múltiplas apresenta também história de pessoas que convivem com o diagnóstico de SUA (Sangramento Uterino Anormal)

Um fluxo menstrual considerado normal teria a duração de 3 a 8 dias, com perda de 5 a 80 ml, e ciclo menstrual que varia entre 24 a 38 dias. Qualquer alteração em um ou mais desses padrões se classifica como Sangramento Uterino Anormal.

Uma em cada três mulheres apresenta SUA em algum momento da vida. A também chamada menorragia idiopática é uma condição que impacta o dia a dia delas no trabalho, nas atividades físicas, na função sexual e reprodutiva e na vida social como um todo.

Uma das consequências mais frequentes, de acordo com um estudo apresentado pela Bayer à Agência Nacional de Saúde, é a anemia, que atinge 30% das mulheres pesquisadas.

A ginecologista e obstetra da Santa Casa, Regina Paula Ares explica que as causas de SUA são múltiplas e que é importante buscar ajuda profissional assim que desconfiar dos sintomas. Ela foi uma das participantes do primeiro episódio da nova temporada do podcast Mulheres Múltiplas, no Spotify. Também contamos a história da jornalista Erenice de Oliveira, que tem Sangramento Uterino Anormal.

Desde 2019, o movimento ‘Não é Normal’ existe em prol da saúde de milhares de pessoas que são afetadas pelo SUA e ainda não sabem disso. A proposta é compartilhar informações sobre a doenças, sintomas e como tratar. Inclusive, existe um site em que qualquer pessoa pode fazer o chamado auto-teste para avaliar se tem sinais de SUA.

Alguns sintomas da doença chamam atenção, como a necessidade de trocas constantes de absorventes e por um curto espaço de tempo devido ao intenso fluxo de sangue e um ciclo mais prolongado, ultrapassando uma semana ou mais. Essa dinâmica afeta a vida dessas mulheres, incluindo a saúde mental. Como elas lidam no dia a dia e quais profissionais buscaram até chegarem ao diagnóstico. Nós contamos as histórias de Aline Pereira de Pina, Lilian Moreira e Priscilla Elexpe no segundo episódio do podcast Mulheres Múltiplas.

Explore mais

Medicação

O que é interação medicamentosa?

A interação medicamentosa acontece quando uma substância afeta a forma como um medicamento se comporta no corpo. As substâncias que podem causar interações são outros