O impacto do estresse no nosso corpo

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Uma somatória de situações leva ao desconforto que, além do desgaste mental, pode causar doenças físicas

Durante um dia difícil no trabalho, quem nunca sentiu irritação, acompanhada de falta de ar e de concentração? Tais sinais, típicos do estresse, têm-se tornadocomum entre os brasileiros. “O problema é acumulativo. Dificilmente você vai reagir por algo que está acontecendo agora”, explica Ana Maria Rossi, presidente da International Stress Management Association (ISMA) do Brasil (RS). “Não existe um motivo único que leve ao estresse. Tudo depende de como a pessoa interpreta cada situação.” Daniela Guimarães Iaquinta Cipriano, psicóloga (Campinas – SP), alerta que o estresse não é doença. “É um desgaste físico mental que com o tempo pode levar a outras patologias.”

E classifica os estressores: “Os externos são os problemas financeiros, discussões, violência e o clima. Já os internos surgem a partir de como a pessoa é, age e enfrenta o mundo”, diz. “Há pessoas que são fábricas de estresse para si mesmo, interpretando tudo de forma negativa”, completa.

Revista Viva Saúde. Ilustração: Isa Santos.

Explore mais

Qualidade de Vida

10 mitos da esclerose múltipla

Por Maurício Brum, da Redação AME/CDD   Você certamente já ouviu falar da esclerose múltipla. Mas, até pelo nome da doença e pelo desconhecimento sobre