AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Novo tratamento prevê reduzir a EM em todas as suas fases

Novo tratamento prevê reduzir a EM em todas as suas fases

O Hospital Clinico de Barcelona começou um ensaio clínico de uma técnica pioneira em todo o mundo com o qual prevê retroceder a neuromielite óptica (NMO) e a esclerose múltipla (EM), mesmo nos estágios mais avançados que não reagem aos tratamentos já existentes.

Esta técnica, denominada terapia antigênica é específica e aplicada até agora em pacientes com doença de Crohn obtendo resultados significativos, é um tratamento com células dendríticas que são tornadas tolerantes para modular as defesas dos pacientes de um modo muito seletivo e específico, assim, reduzindo a inflamação causada pelas duas doenças, sem alterar as outras defesas.

O projeto resulta de uma decisão conjunta entre a GAEM (Grupo de Atingidos pela Esclerose Múltipla) e pesquisadores da Fundação IDIBAPS – Hospital Clínico de Barcelona, ​​liderada pelo Dr. Pablo Villoslada e Daniel Benitez; e tem o apoio do projeto social La Caixa.

"Há um número de células do corpo que reagem contra os próprios tecidos do corpo, e o que queremos é para parar de atacar e começar a gerar respostas adequadas", resumiu Benitez sobre o projeto, aprovado pela Agência Espanhola de Medicamentos, Produtos e equipamentos sanitários (autoridade competente) recentemente.

Além disso, o Dr. Irati Zubizarreta, também investigador do estudo, lembrou que, acima de tudo, o objetivo deste estudo é "garantir a segurança do paciente", uma vez que os tratamentos atuais podem ter muitos efeitos colaterais adversos.

Este estudo pretende ser aplicado em 12 pacientes com EM e NMO e entre os critérios de seleção os perfis devem estar entre 18 e 65 anos, para que possa ser registrada a duração de mais de um ano de doença e do grau de deficiência 3.0 e 8.5 do EDS (Expanded Disability Status Scale).

Além disso, forma descartados do estudo aqueles que tenham sido tratados com corticoides que tiveram um surto da doença no último mês, sofreram alguma doença sistêmica grave, tem histórico de câncer, ou mulheres em idade fértil que não utilizem métodos contraceptivos eficazes, estejam grávidas ou amamentando.

Uma injeção de três doses

"Os controles são rigorosos", disse Zubizarreta, "e isso não pode mudar até chegarmos a dois anos a partir do início do tratamento", que consiste em três doses de injeção de duas semanas de intervalo cada um.

Mais especificamente, este tratamento, que está programado para ser concluído no final de 2015, é preparado com o sangue de cada paciente durante uma semana em laboratório, com a qual, a partir da maturação de um tipo de glóbulos brancos – as células dendríticas- são destinadas a suprimir a resposta inflamatória, em vez de promover.

Os médicos estão otimistas com este protocolo, eles esperam aplicar em pacientes com EM e NMO até meados de 2018, e manifestaram a sua vontade de chegar a aplicar em outras doenças autoimunes e reumáticas, como artrite reumatoide ou psoríase.

A EM é uma doença inflamatória degenerativa, do sistema nervoso central crônica que afeta atualmente cerca de 50.000 pessoas na Espanha, 7.000 na Catalunha, que destrói a proteção (mielina) das fibras nervosas e impede os impulsos nervosos sejam transmitidos corretamente.

A NMO ou doença de Devic, entretanto, é uma doença rara com uma frequência mais baixa de 1-2 por milhão de habitantes. Doenças desmielinizantes (como a EM) podem ser caracterizadas por surtos graves de neurite óptica (podendo até levar à cegueira) e mielite (que geralmente leva a paraplegia ou tetraplegia).

http://www.elperiodico.com – 21/07/2015. Traduzido livremente. Imagem: Creative Commons.

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.