AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Meditação Mindfulness e EM

Meditação Mindfulness e EM

Você pode usar sua mente para lidar com a EM, assim como você usa medicamentos e fisioterapia?

Algumas pessoas que acreditam nos benefícios da atenção plena, ou meditação “Mindfulness”, pensam que você pode sim, pelo menos até certo ponto.

A atenção plena é definida como “a capacidade humana básica de estar totalmente presente, consciente de onde estamos e do que estamos fazendo, e não excessivamente reativa ou sobrecarregada pelo que está acontecendo ao nosso redor”, de acordo com  mindful.org .

Ela usa uma combinação de ferramentas como Yoga, meditação, música, alongamento e apoio em grupo para reduzir o estresse.

Por vários anos, Maryanna Klatt , PhD e outras na Ohio State University, têm usado técnicas de mindfulness para ajudar pessoas com EM. A ideia é que, ao diminuir o estresse de uma pessoa, sua qualidade de vida seja aumentada. O programa Mindfulness in Motion foi testado pela primeira vez há vários anos em um grupo de enfermeiros de cuidados intensivos cirúrgicos. (Há bastante estresse nessa linha de trabalho.) Um artigo na revista NARCOMS Now relatou que após o programa de oito semanas, “os enfermeiros que participaram tinham níveis mais baixos de amilase salivar, uma enzima na saliva associada a estresse prolongado. Juntamente com os níveis mais baixos desses produtos químicos de estresse, os enfermeiros tinham maior satisfação no trabalho e menos “exaustão emocional”.

 

Mindfulness in Motion e EM

A história do NARCOMS detalhou como, no ano passado, um grupo de 22 pessoas com esclerose múltipla tentou usar o sistema Mindfulness in Motion . Eles se encontraram por uma hora por semana durante oito semanas. Como um grupo, eles trabalhavam em coisas como respirar, comer e dormir. Eles se alongavam e fizeram exercícios de yoga com música relaxante de piano ao fundo. O grupo também praticava as técnicas em casa durante 20 minutos por dia. Após dois meses, os testes mostraram que os participantes tinham menos ansiedade, depressão, fadiga e melhor função cognitiva. Segundo o Dr. Klatt, isso ocorre porque o programa deu aos participantes a capacidade de parar de lutar contra a esclerose múltipla. “A atenção plena ajudou-os a deixar a frustração de que não conseguem controlar [a doença]”, disse Klatt. Eles foram capazes de aceitar a EM, reduzir seu estresse e, com sorte, melhorar a qualidade de suas vidas. Os defensores da atenção plena dizem que isso não é tão fácil quanto parece e pode não ser o certo para você. “Pode não mudar a progressão da EM”, disse Klatt, “mas aumentar o estresse certamente não tornará a doença mais fácil de lidar”.

 

Fonte: Multiple Sclerosis News Today https://multiplesclerosisnewstoday.com/2019/01/18/mindfulness-putting-mind-over-ms/

Tradução e adaptação: Redação AME

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS