AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

CONHEÇA MELHOR O SEU REMÉDIO: FAMPYRA

CONHEÇA MELHOR O SEU REMÉDIO: FAMPYRA

Cerca de três quartos das pessoas com EM têm problemas para andar. Pode ser uma das partes mais desafiantes da condição. Fampiridina (Fampyra) é uma medicação que ajuda você a se locomover com mais facilidade. Ao contrário de outros tratamentos de EM, não evitará que os sintomas piorem ou alterem o curso da doença – é apenas a intenção de melhorar a forma como você anda. É um medicamento voltado para melhorar a marcha e foi desenvolvido para pessoas com EM.

Como funciona

A fampridina é uma formulação de 4-aminopiridina, um bloqueador de canais de potássio. Isso funciona parando o potássio deixando as células nervosas que foram danificadas pela EM, permitindo que os sinais passem para o nervo mais normalmente. Consequentemente, algumas pessoas conseguem caminhar melhor. Por razões que não são compreendidas, algumas pessoas respondem bem à fampridina e experimentam uma mobilidade melhorada, mas outras não.

Como se usa?

O Fampyra é tomado em forma de comprimidos. Você toma um comprimido de 10 miligramas duas vezes ao dia, com 12 horas de intervalo.

Efeitos colaterais comuns de Fampyra

Infecções do trato urinário

Problemas para dormir

Tontura

Dor de cabeça

Náusea

Fraqueza

Dor nas costas

Problemas de equilíbrio

Irritação do nariz e garganta, ou dor de garganta

Formigamento na pele

Indigestão

Constipação ou diarreia

Informe o seu médico se você:

Tem outros problemas médicos, como infecções do trato urinário.
Está grávida ou quer ter um bebê.
Está amamentando.
Você também deve informar seu médico se você toma qualquer outra receita ou medicação de balcão, incluindo quaisquer vitaminas e suplementos.

Pesquisa de Fampyra

Houve uma série de ensaios clínicos da fampridina. Por exemplo, um estudo de fase III envolvendo 301 pessoas com EM recorrente ou progressiva que foi tratada por 14 semanas mostrou uma maior proporção de pessoas que tomaram fampridina apresentaram uma melhora consistente na velocidade de caminhada em comparação com pessoas que tomaram placebo (35% x 8%). Esta melhoria foi mantida durante o período de estudo.

Uma revisão de uma ampla gama de ensaios clínicos por NICE, concluída como parte do desenvolvimento da Diretriz Clínica de EM de 2014, concluiu que a fampridina teve um efeito positivo na velocidade de caminhada em comparação com o placebo. No entanto, houve pouca evidência para um efeito apreciável sobre a EDSS .

Experiência do paciente

Nosso Amigo Múltiplo Jota nos contou como é usar o Fampyra e nos autorizou a divulgar aqui como ele se sente com esse tratamento. Confira e, se você também utiliza essa medicação, deixe o seu depoimento nos comentários que é bem importante para quem vai começar a usar o diariamente conhecer outras experiências:

“Tomo o Fampyra desde 2014, judicializei o medicamento porque o custo é muito alto (em torno de mil reais por mês). Com Fampyra é preciso reparar bem nos detalhes. Muita gente me pergunta se o Fampyra ainda tá fazendo resultado e eu sempre respondo que no começo foi muito útil para eu conseguir caminhar melhor, mas hoje em dia, usando a cadeira de rodas, eu vejo que ele me ajuda bastante em outras coisas como ficar em pé, fazer transferências. As vezes ele ajuda não só pra caminhar, mas para ficar em pé.” Jota – 34 anos – diagnosticado com EMPP desde 2012

Veja o vídeo que o Jota fez no início do uso do medicamento:

<iframe width=”560″ height=”315″ src=”https://www.youtube.com/embed/-xjvCi-SJHo” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS