Confira o calendário das etapas municipais da 16ª Conferência Nacional de Saúde

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

As etapas municipais preparatórias para a 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª + 8) estão acontecendo em todo o Brasil. Cerca de mil cidades já informaram ao Conselho Nacional de Saúde (CNS) o calendário com a programação dos debates, que devem acontecer até o dia 15 de abril. A participação da comunidade é fundamental para ampliar as discussões sobre a saúde pública e para se estabelecer as prioridades e demandas locais.

Nestas etapas serão definidas as propostas que serão levadas para as conferências estaduais, que estão programadas para serem realizadas até o dia 15 de junho. Nas conferências municipais serão eleitos também, de forma paritária, os delegados e as delegadas que participarão das próximas etapas.

Confira o calendário das conferências municipais

Para participar, é necessário entrar em contato com os conselhos municipais de saúde e/ou secretarias municipais de saúde de cada cidade e se inscrever.

Os debates realizados nestas etapas preparatórias devem contribuir para a formulação das políticas de saúde municipais e estaduais, ao mesmo tempo em que as propostas de cunho nacional serão levadas para deliberação na etapa nacional da 16ª Conferência (8ª + 8), realizada pelo Ministério da Saúde e organizada pelo CNS de 4 a 7 de agosto, em Brasília.

As discussões são feitas com base no documento orientador, que aborda o tema central da conferência, “Democracia e Saúde”, e seus eixos temáticos “Saúde como Direito”, “Consolidação dos Princípios do Sistema Único de Saúde (SUS)” e “Financiamento do SUS”.

Para informar a data da conferência na sua cidade, encaminhar email para: 16cns@saude.gov.br.

Conheça o documento orientador da 16ª Conferência Nacional de Saúde
Acesse a apresentação sobre o documento orientador da 16ª Conferência Nacional de Saúde

Explore mais

Clube AME

Desestressando o estresse

Como Identificar e Gerenciar a Tensão que a Esclerose Múltipla Pode Causar