AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

ENTRE EM CONTATO [email protected]
LIGUE (11) 3181-8266

7 dicas para diminuir a sua presença digital

7 dicas para diminuir a sua presença digital

Todos os dias, nós somos bombardeados de conteúdos por todos os lados. São 300 e-mails, notificações de redes sociais, directs no Instagram, grupos do WhatsApp que parecem funcionar 24 horas… Mas será que estamos preparados para lidar com isso? Com tudo isso, é bastante comum o desenvolvimento da tal FoMO, sigla para “Fear of Missing Out”, ou “Medo de Estar Perdendo Algo”, em português.

Se assim como o criador do WhatsApp, Brian Acton, você também acha que está na hora de deletar o Facebook, então eu aconselho seriamente a seguir com a leitura destas dicas. Os gurus do marketing insistem em mostrar que devemos melhorar nossa presença digital e eles talvez estejam certos nisso. Acontece que, às vezes, melhorar significa também diminuir.

Para te ajudar nessa tarefa, separamos 7 dicas que podem contribuir para uma vida mais offline.

1. Organize seus e-mails

Você já está cansado de receber e-mails não solicitados até do papa? O serviço Unroll.me funciona como um gerenciador para sua caixa de entrada. Ele permite se descadastrar de diversas listas de recebimento com poucos cliques e notifica os usuários sempre que novos contatos indesejados aparecem.

O aplicativo também permite criar uma espécie de newsletter única, que reúne periodicamente aqueles e-mails que você ainda gostaria de receber. Assim, ao invés de ouvir 10 notificações diferentes por dia, você recebe uma única mensagem listando todas as novidades que são do seu interesse.


2. Aposte no modo silencioso

E, sim, nós estamos falando sobre o seu celular. Ele pode ficar 24 horas no modo silencioso, 7 dias por semana.

Obviamente, algumas profissões exigem estar alerta a notificações urgentes. Para isso, a maioria dos modelos de smartphones já permite criar perfis de toques personalizados. Você pode, pode exemplo, criar um modo em que receba apenas chamadas de números pré-determinados e não veja notificações de e-mails ou redes sociais.

Grupos e demais contatos do Whatsapp podem ser silenciados por até um ano – e você não vai perder a amizade, nem mesmo o trabalho, se demorar um pouco a mais para responder. Por sinal, responder e-mails e WhatsApp fora do horário de expediente conta como hora extra, viu?


3. Desative as notificações

Vale tanto para aquelas que você recebe por e-mail quanto para as notificações por push – aquelas malditas janelinhas que pipocam no seu smartphone sempre que alguém curte uma foto sua no Instagram.

4. Silencie quem não te faz bem

Tudo bem, talvez você não queira deletar ou bloquear aquele colega do Ensino Fundamental que é terraplanista, nem a tia que você adora, mas que só posta fake news. Você é um cara legal e acha que não pega bem sair deletando todo mundo que “tem uma opinião diferente da sua”.

Felizmente, as redes sociais já inventaram uma maneira de manter a amizade virtual sem precisar ver os posts sem noção de ninguém. Desde maio, o Instagram permite silenciar stories e posts de outras contas (veja como aqui), enquanto no Facebook você pode deixar de seguir um amigo ou colocá-lo em modo soneca durante 30 dias.

5. Revise os aplicativos conectados

Eu não vou julgar se você for do tipo que usa a conta do Facebook ou do Google para fazer login em tudo. E, para dizer a verdade, eu também faço isso.

Porém, de vez em quando, a gente precisa fazer uma faxina nessas permissões. Não é nada difícil revisar todos os aplicativos e serviços de terceiros que têm acesso à sua conta. O Facebook disponibiliza uma área para fazer isso, dá para revisar aqui os apps com acesso ao seu Instagram, e neste link você vê os aplicativos ligados à sua conta do Google.

6. Entenda as redes sociais

Antes de sair por aí deletando tudo, é necessário entender onde estamos metidos e o poder da informação. É desconcertante ler livros como 10 argumentos para você deletar agora suas redes sociais, do filósofo da computação Jaron Lanier. Quem está disposto a uma leitura mais profunda, pode encarar as páginas de Linked, do físico Albert-László Barabási, que busca explicar como tudo está conectado.


7. Clica no delete

Se você já fez tudo isso e ainda não está satisfeito com a sua relação com as redes, não tem problema. Esse é sinal de que chegou a tão esperada hora de excluir um pedacinho da sua vida digital – seja ele o que for.

Acredite, existe vida fora da internet – e ela é maravilhosa. ♡

Leia o texto original: https://www.hypeness.com.br/2019/03/adeus-fomo-7-dicas-para-diminuir-a-sua-presenca-digital/

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS