AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

4 LUGARES PARA CORRER EM SÃO PAULO E FICAR EM CONTATO COM A NATUREZA

4 LUGARES PARA CORRER EM SÃO PAULO E FICAR EM CONTATO COM A NATUREZA

 

A corrida é o quinto esporte preferido dos brasileiros. Diferente de jogos como futebol e vôlei, que já têm dificuldades antes mesmo de começar (quem organiza as partidas sabe como é difícil conseguir combinar com os jogadores), basta um bom tênis e disposição para correr.

Além de melhorar o condicionamento físico e a capacidade cardiorrespiratória, a prática regular de exercícios também eleva a qualidade de vida, ajudando a desestressar. E se der para fazer isso ao ar livre, muito melhor! Mesmo numa cidade como São Paulo, é possível correr em contato com a natureza.

Além de lugares famosos, como os Parques do Ibirapuera e Villa-Lobos e o campus da Cidade Universitária, há muitos outros onde você pode ir. Separamos quatro para ajudar a mudar a rotina do seu treino.

HORTO FLORESTAL

O Parque Estadual Alberto Löfgren, mais conhecido como Horto Florestal, fica na zona norte de São Paulo, ao lado do Parque Estadual da Cantareira, e foi a primeira área de conservação implantada no estado, preservando a vegetação nativa da Mata Atlântica.

Durante a corrida, é possível observar árvores como pau-brasil, carvalho-nacional, pau-ferro e jatobá, além de ver animais como tucanos, maritacas, capivaras, esquilos e garças. Há também lagos e bicas de água potável, mas é preciso se planejar para ir lá: funciona diariamente das 6h às 18h, e, durante o período do horário de verão, até às 19h.

PARQUE DO PIQUERI

O Tatuapé, na zona leste paulistana, abriga o Parque do Piqueri, criado na área de uma chácara que pertenceu à família Matarazzo. Na década de 30, foram plantadas mais de 50 espécies de árvores nativas e exóticas, muitas das quais permanecem lá até hoje.

A prefeitura de São Paulo registrou 152 espécies de árvores e 90 de animais no parque, que conta com uma pista de terra batida especialmente dedicada aos praticantes de cooper. As várias espécies de aves que habitam o local garantem uma trilha sonora diferenciada para sua corrida.

PARQUE DO TROTE

Ótima opção para quem procura um local mais calmo para praticar seu exercício, o Parque do Trote fica na Vila Guilherme, zona norte da capital, e não é tão movimentado como outros da cidade. Além da pista de cooper, vale a pena dar uma volta pelas duas trilhas do local.

A Trilha dos Sentidos oferece uma experiência sensorial diferenciada, destinada ao reconhecimento espécies vegetais pelo tato, olfato e visão. Já na Trilha das Aves o visitante pode ver de perto algumas das 34 espécies presentes no parque. Outro destaque é a atenção à acessibilidade, que favorece a presença de pessoas com deficiência e de idosos.

PARQUE SEVERO GOMES

A Granja Julieta, na zona sul, abriga o Parque Severo Gomes, inaugurado em 1989. Além da pista de cooper, possui bosques e vegetação ribeirinha ao longo do Córrego do Judas. A corrida pelas trilhas é super agradável, em meio a algumas das 58 espécies de árvores do parque.

Pequeno, faz sucesso entre os moradores da região, especialmente por causa do parquinho, que atrai várias crianças. Destaque especial para as várias amoreiras, que, além da beleza, proporcionam um jeito diferente e prazeroso de matar a sede durante o treino.

 

Texto original publicado em Hypeness

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS