MÚLTIPLA E SIMULTÂNEA

Sou muitas em um corpo

Um corpo de vários corpos

Sou simultânea nas ações

que agem de afetos

Alguns axônios desencaparam

De tanta bagunça que eu fiz

Não tem problema

arrumei a casa de outro jeito

e aprendi a ser feliz

Como alguns dos meus neurônios tiveram os seus caminhos interrompidos

Eles foram de outra forma

e refizeram os percursos

Esclerosada?

Sim…

Incapaz?

Jamais

Se eu não enxergar com os olhos

Meus pés entrarão em ação

Se eu não andar com as pernas

Uma cadeira de rodas me receberá

Se a minha fala ficar comprometida

Tenho amigos que continuarão me amando

E quando a minha memória falha…

Tenho uma família que me lembra diarimente quem eu sou!

Dia 30 de agosto: Dia Internacional da Conscientização da Esclerose Múltipla