Informando por uma causa, pedalando pelo BEM

Primeira Edição do Pedale por uma Causa – EM aconteceu no último Sábado (30/05) em São Paulo

Do lado de fora do Ginásio Antônio Prado Júnior, localizado no Clube Athletico Paulistano, o céu se vestia de azul, enfeitado por graciosas nuvens brancas. Um dia ensolarado, de temperatura amena, daqueles que, se atentarmos os ouvidos, conseguimos até sintonizar um tímido cantar de pássaros além das buzinas dos carros.

Era manhã de sábado, e do lado de dentro do ginásio as roupas eram de esporte. Capacetes, calças e camisetas esportivas compunham o figurino dos presentes e contracenavam graciosos com as cadeiras de rodas, rampas acessíveis e, é claro, squeezes e medalhas. Tudo impecável, caprichado, preparado com o carinho de quem planeja minuciosamente algo importante.

Ciclistas de longa data, colegas de trabalho, voluntários, profissionais da saúde, pacientes, familiares, sócios do Clube… Cerca de 100 pessoas escalavam um heterogêneo time de amigos dispostos a fazer o bem, a serem atletas da informação! 

Kits entregues, muita conversa e boa vibração. Na sequência uma aula de alongamento com a Equipe da BodyTech para começar bem o dia. Tudo pronto para a pedalada!

Sr. Wilson Gomiero e Dona Lina Fanti, ambos cadeirantes, puxaram a pedalada! Sendo seguidos pelas quase 100 bicicletas em um momento que, só de lembrar, faz nascer uma lágrima de emoção no canto do olho. Aliás, se fôssemos resumir o evento em palavras a primeira seria esta: EMOÇÃO!

GRATIDÃO também é um dos sentimentos que o Pedal deixou no coração de todos aqueles que participaram, e a terceira palavra talvez seja um pouquinho mais complicada e científica: NEUROPLASTICIDADE.

Meu Deus! Alguém sabe o que é isso? (rs)    

Também conhecida como plasticidade neuronal, a neuroplasticidade é a capacidade do nosso sistema nervoso de mudar e se moldar quando sujeito a novas experiências. Ou seja, se você treinar para alguma coisa seu cérebro naturalmente adaptará sua estrutura e seu funcionamento para te acompanhar. Deu pra entender?

Agora, você já parou para pensar como isso é fantástico? Somos fisiologicamente feitos para nos adaptar! Se a mudança individual pode ser assim tão natural, por que não buscarmos uma mudança na sociedade nesse mesmo ritmo?

No sábado, sem dúvida alguma, exercitamos esta capacidade. Testemunhamos o poder que um grupo de pessoas genuinamente altruístas alcança quando se une para, lentamente, mudar a opinião pública. Adultos, crianças, idosos, esclerosados e não esclerosados disseminando informação, compartilhando histórias e ajudando a transformar esse mundo em um lugar melhor.

Sem dúvidas o 1º Pedale por uma Causa – Esclerose Múltipla deixou muito amor nas fotografias, na memória e nas ruas por onde passou. Por isso, caro leitor, precisamos deixar claro para você que retratamos o evento com a inevitável culpa de quem nunca consegue reproduzir na íntegra aquilo que vê, moldando a frustração num esforço incansável de lhe transportar o máximo de pequenezas que pudemos repassar. Mas se você quiser sentir quão incrível realmente foi, não se preocupe… Ano que vem tem mais!

E se a curiosidade falar mais alto, confira as fotos do evento: bit.ly/album_pedale   

Nota: O pedal, realizado pela AME, contou com o apoio da Novartis, Cap do Bem, Genzyme, Merck Serono, EXTRA, RM Fivelas e Gráfica Impressão.

 

Pra quem pegou o bonde andando sentar na janelinha:

O que é Esclerose Múltipla?

A Esclerose Múltipla (EM para os íntimos) é uma doença neurológica, autoimune e crônica em que as células de defesa do organismo atacam o próprio Sistema Nervoso Central, provocando lesões inflamatórias cerebrais e medulares.

Sua causa é desconhecida, ela não tem cura mas tem tratamento. O diagnóstico é clínico e quase sempre confirmado através de ressonância magnética. As pessoas diagnosticadas são geralmente jovens e, na maioria, mulheres (proporção de 3 mulheres para cada homem). Ela afeta cerca de 2,3 milhões de pessoas no mundo e, como o nome sugere, seus sintomas são múltiplos! Os mais frequentes são fadiga, formigamento, perda de força, falta de equilíbrio, espasmos musculares, dores crônicas, depressão, problemas sexuais e incontinência urinária.

Para entender melhor acesse: http://www.amigosmultiplos.org.br/em..