Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

Valentina só quer dormir, mas não consegue. A madrugada parece não ter fim. Ela Lê, ouve música para relaxar, faz yôga… quando se dá conta está atacando a geladeira. Tudo que ela não pode é beber aquele copão de Tody com ovomaltine (meio litro de leite). Mas não resiste.

Volta para cama. O outro agravante: a tosse pelo muco. Levanta. Vai para o quintal. Senta-se na cadeira e olha o céu. É dia de noite fria. Pega o cobertor. Desiste da cadeira e vai para rede.

Essa é só mais uma madrugada comum de quem tem ansiedade. Remédio ajuda. Psiquiatra ajuda. Psicólogo ajuda. Comedores Compulsivos Anônimos, também ajuda. Procure ajuda!

Explore mais

Qualidade de Vida

Compartilhando minha história

Olá, lindezas. Tudo bem com vocês? Hoje eu vim compartilhar minha história.   Chamo-me Larissa. Fui diagnosticada com Esclerose Múltipla em 2014 e estou aqui para

Sintomas e Tratamentos

Possíveis e necessárias mudanças

por Suzana Gonçalves A cada passo na esclerose múltipla, estamos suscetíveis a surtos e sustos também, um novo processo pela frente e mais uma dose