Uma decisão difícil

Boa noite, amigos múltiplos!

Mais um dia de pulsoterapia. Na verdade, não é dela que quero falar!  Quero falar das minhas emoções, que estão fervendo dentro mim, enquanto estou sentada aqui na varanda do Hospital Policlínica de Botafogo, no Rio de Janeiro. Do lado esquerdo eu tenho o Cristo e a lua, bem ao lado, um do outro, neste exato momento, e do lado direito eu tenho a vista mais linda da Bahía de Guanabara, soprando em mim a brisa do mar…  Parei por instantes, deslumbrada com o cenário, sem levar em conta o horror que a minha Cidade Natal vive por conta da violência na vida pública e urbana, e senti um enorme orgulho de ser Carioca. Como estar em surto de EM e sentir essa leveza que estou sentindo agora? Nem eu sei explicar… Ao meu lado, acompanhando minha digitação está a minha Lorena companheira de sempre – muito mais que uma filha, podem apostar!

Eu tinha tanto medo desse momento… das promessas que fiz à ela para realizar o meu sonho de Percorrer o Caminho de Santiago e uma delas era ficar sem internação por 1 ano! Babou… sete meses depois cá estou… Mas diferente e mais leve por saber que viajarei sim ano que vem. Muito precioso ela ter reconhecido o quanto essa viagem é importante para mim… Esclerosado precisa saber conviver com as suas limitações. A minha é visual. E controlada. Caso aconteça de eu ficar cadeirante, terei cadeira adapatada e ponto. Mas me perder dos meus sonhos, isso sim me mataria!

Tomei a decisão mais importante da minha vida de esclerosada na quinta-feira, junto com a minha neurologista, Dra. Fabiola Rachid Malfetano. Usarei medicação e junto com ela, depois de um teste que farei chamado STRATIFY JVC, escolheremos qual será – tão logo saiba eu postarei aqui! Essa atitude não foi por acaso, durante a consulta ela fez um gráfico da evolução da doença e disse que ainda é tempo de eu entrar com a medicação e ter sucesso, posto que ainda estou em fase de abrir inflamação. O que parece ruim, não é! Se eu tivesse passado dessa etapa, a medicação não atuaria como desejado. Eu atribuo esse meu novo surto à minha fé! Estranho? Também acho, mas foi na minha fé que eu consegui estar hoje aqui e desfrutar de tudo ao meu redor, sem nenhuma tristeza nos ombros. O pior mesmo é que meu apetite está voraz… um longo caminho de treino me aguarda depois que eu me recuperar dessa pulso e receber a alta oficial da Dra. Fabíola para retornar à vida normal!

Por hora é só… só tudo isso… muito paparico da filha, da tia Cátia que entrega o lanche da noite, do médico e enfermeiro da ambulância Amil Resgate que vieram enchendo meu ego durante todo o percurso, contando histórias legais sobre o trabalho deles, da minha mamys toda preocupada do lado de lá… dos amigos da AME que sempre me dão palavra amiga na hora mais legal!

Beijos Múltiplos

Fonte:

Tags: #AME, #AmigosMultiplos , #EM , #juntossomosmaisfortes , #qualidadedevida #qualidadevivi