AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Oito alimentos para reduzir a inflamação na EM

Oito alimentos para reduzir a inflamação na EM

A inflamação pode ser o princípio de muitos problemas, especialmente quando se trata de Esclerose Múltipla. Na EM a inflamação está na raiz de todos os sintomas. À medida que as regiões no cérebro começam a apresentar lesões, os nossos corpos entram no processo de tentar combatê-los. Isto faz com que o inchaço e a inflamação aumentem, o que, por sua vez, faz com que ocorram os sintomas experimentados por quem vive com a EM.

Embora não tenhamos encontrado uma maneira de reduzir ou eliminar as lesões, podemos reduzir a nossa inflamação. Na verdade, os seguintes alimentos vão ajudar a reduzir a sua inflamação causada pela EM e a gerenciar melhor seus sintomas.

Beterraba

A cor roxa brilhante deste vegetal permite que você saiba que ele é rico em antioxidantes, que trabalham para reduzir a inflamação e livrar o corpo de toxinas que podem agravar os sintomas. Escolha comê-los crus, cozidos, ou apreciá-los em uma salada de couve para uma opção mais leve e doce, além de um almoço rico em antioxidantes.

Cebola

Experimente incrementar sua próxima refeição com cebolas amarelas. Elas são ricas em antioxidantes e estimulantes do sistema imunológico, como a quercetina, alicina, e ácido sulfênico, que trabalham em conjunto para quebrar os radicais livres e reduzir a inflamação.

Alho

Outro delicioso vegetal que é ótimo para adicionar sabor a qualquer refeição, o alho também irá reduzir a sua inflamação e a dor causada por seus sintomas. Muito parecido com o ibuprofeno, o alho irá naturalmente e bloquear as vias de inflamação e dor para o cérebro, dando-lhe a chance de amenizar os sintomas após cada refeição.

Cogumelo

Cogumelos contêm muitos antioxidantes. Suas propriedades que combatem o câncer também trabalham para combater a inflamação causada pela EM, dando-lhe uma dose completa de selênio, um antioxidante que trabalha para proteger as células dos radicais livres.

Além disso, cogumelos contem especificamente mais polifenóis antioxidantes como flavonóides e carotenóides do que qualquer outro tipo de cogumelo. Só não é recomendado comê-los fritos! Fritar os cogumelos remove todos os antioxidantes que trabalham para protegê-lo da inflamação.

Brócolis

Este super-verde pode ser comparado com espinafre e couve como sendo um antioxidante poderoso. Os fitonutrientes ajudam na luta contra o cancro, bem como contra a EM, e você também pode obter uma dose saudável de ferro com cada porção, o que pode aumentar a sua energia e fortalecer os músculos. Tente misturar brócolis em um smoothie verde, a fim de tirar melhor proveito do seu rico conteúdo sulforafano, um antioxidante que tem como alvo a inflamação.

Batata doce

Mate a vontade de doce! As batatas doces são ricas em beta-caroteno, manganês e vitaminas A, B e C, tornando uma verdadeira casa de força contra a inflamação. Quando você come batata-doce seu corpo sintetiza as vitaminas em retinóides, um antioxidante que reduz a inflamação. Ele também minimiza os danos para as células do sangue e suas terminações nervosas, o que irá reduzir significativamente seus sintomas.

Pimenta

A capsaicina que faz pimentas picantes é exatamente o que você precisa para reduzir a inflamação. Capsaicina é um anti-inflamatório natural que pode aliviar dores de cabeça, dores, e desconforto causado pela inflamação no corpo. Eles também são ricos em vitamina C, que funciona duplamente para reduzir a inflamação e fortalecer seu sistema imunológico.

Este tempero não é para todos, eu recomendo cortar um pouco de pimenta e adicioná-lo à sua salada ou a um molho “chili”, a fim de impulsionar o sabor e seu sistema imunológico sem contrariar o seu rosto.

Pimentões

Mesmo sem o capsaicin, os pimentões são ricos em vitaminas que você precisa para combater a inflamação. Deixe os pimentões amadurecerem a fim de obter o máximo de vitamina C que você puder. Um pimentão maduro vai lhe dar 7% de seu valor diário de vitamina C, e refogar-los em fogo baixo irá liberar o sabor sem reduzir suas propriedades medicinais.

Experimente misturar os pimentões de todas as cores, a fim de obter uma mistura saudável de vitaminas, beta-caroteno, licopeno e outros antioxidantes para reduzir a sua inflamação.

Sempre desfrute destes vegetais anti-inflamatórios em conjunto, a fim de tirar o máximo proveito deles, mas lembre-se de sempre cozinhá-los em fogo baixo ou comê-los crus. Cozimento em altas temperaturas pode remover os antioxidantes, vitaminas anti-inflamatórias e os minerais que são fundamentais na redução seus sintomas da EM.

Uma das melhores maneiras de comer estes legumes sem cozinhar é adicionando-os a uma salada de couve ou espinafre. Estas duas folhas também são ricas em antioxidantes que combatem a inflamação, mas também fornecem uma porção completa de ferro e fibras, que lhe dará a energia para o seu dia a dia.

Fonte: Fonte: Living with MS – 19/08/2015. Traduzido livremente.

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *