Jantar fora de casa: conselhos práticos para uma pessoa com Esclerose Múltipla

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

Algumas dicas para escolher o restaurante e jantar de forma confortável enquanto se convive com Esclerose Múltipla

 

Para uma pessoa que convive com Esclerose Múltipla, sair para jantar fora pode ser um grande esforço, pois alguns sintomas da EM, como fadiga, ou limitações na mobilidade, podem ser desafiadores.

Dicas para ter um jantar agradável com EM

Para desfrutar de uma noite tranquila, as pessoas com EM podem considerar uma série de dicas, levando em consideração seu status geral de saúde:

Tem que ser necessariamente um jantar?

Pessoas com EM geralmente ficam mais cansadas à noite. Portanto, se queremos aproveitar ao máximo esses encontros, devemos avaliar com a família ou amigos se é melhor organizar um café da manhã ou um almoço em vez de um jantar.

Escolha um restaurante acessível com estacionamento próximo

Para entrar e sair do restaurante com conforto, é aconselhável que a entrada seja acessível, sem degraus. Pessoas com EM se cansarão menos ao estacionarem perto do restaurante ou se pedirem para desembarcar na porta do estabelecimento antes de que alguém estacione o carro.

Se o motorista conviver com EM e achar que será difícil dirigir no caminho de volta, pode usar o transporte público ou pedir um táxi. Se pretende utilizar uma vaga de estacionamento para pessoas com deficiência, deve primeiro verificar se o restaurante tem uma.

Reserve uma mesa

Para evitar imprevistos e mudanças de última hora, é recomendável entrar em contato com o restaurante com antecedência. Desta forma, terá certeza de que haverá espaço e não terá de esperar muito tempo para se sentar.

Solicite com antecedência recursos de acessibilidade

Se a pessoa com EM tem mobilidade reduzida ou é cadeirante, por exemplo, é melhor pedir uma mesa mais próxima da entrada e com mais espaço. Se for conveniente, é necessário lembrar aos responsáveis ​​pelo serviço de mesa que será utilizado o banheiro acessível do restaurante. Em geral, é aconselhável pedir uma mesa longe da cozinha para evitar o calor e ter o banheiro por perto.

Tire uma soneca antes de sair de casa

Se o encontro for à noite, recomenda-se descansar antes de sair para se recuperar do cansaço do dia e, desta forma, ter o máximo nível de energia possível durante o jantar.

 

A importância de uma alimentação saudável

Além dessas recomendações para evitar que alguns sintomas da EM, como a fadiga, afetem o jantar, deve-se sempre ter em mente a importância de seguir uma boa alimentação. Aqui estão algumas dicas para uma pessoa com EM pedir o prato certo para o jantar:

Verifique o menu do restaurante com antecedência

Isto permite saber se os pratos do restaurante estão adaptados às necessidades específicas de cada pessoa e escolher antecipadamente a refeição que vai pedir. Tomar essa decisão no restaurante quando está com fome geralmente é uma escolha pouco recomendada.

Escolha opções saudáveis

É preciso ter cuidado com os alimentos que ingere: evite frituras, molhos e pão. Neste caso, é preferível optar por alimentos cozidos, assados ​​ou grelhados. 

Você não precisa terminar tudo no seu prato

A maioria das porções de um restaurante é muito grande e contém muitas calorias desnecessárias. Se possível, as sobras de comida podem ser embrulhadas para viagem. Além do mais, isso resolve o almoço do dia seguinte, pois não será necessário cozinhar.

Reduza o consumo de açúcar

As sobremesas não devem necessariamente ser evitadas, mas é recomendável que a quantidade consumida seja reduzida. Uma boa solução é dividir a sobremesa com os demais convidados ou comer parte dela e guardar o restante para depois.

Evite o álcool

O álcool pode exacerbar alguns sintomas da condição, por isso é aconselhável que as pessoas com EM evitem seu consumo e, se beberem, o façam com moderação.

 

Fonte: FEM – Observatorio Esclerosis Múltiple

Tradução e adaptação: Redação AME – Amigos Múltiplos pela Esclerose

Explore mais