AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Formas de tratar a Esclerose Múltipla

Formas de tratar a Esclerose Múltipla

1. Gerencie seus sintomas
Não há ainda uma cura para a esclerose múltipla (EM), mas muitos remédios protegem de mais danos do sistema nervoso e retardam o avanço de sua doença. Eles podem diminuir o número de surtos e ajudá-lo a aliviar a fraqueza, dor, fadiga e outros problemas. Combine essas drogas com estratégias de estilo de vida como exercício e alívio do estresse para se sentir melhor e gerenciar sua condição.

2. Medicamentos modificadores da doença
Se você tem EMRR (remitente-recorrente / surto-remissão), essas drogas podem retardar os danos nos nervos e ajudar a prevenir novas crises de sintomas. Elas modificam o sistema imunológico – defesa do seu corpo – para que ele não ataca o revestimento protetor (mielina) em torno de seus nervos. Veja mais sobre elas aqui.

3. Corticosteróides para gerir recidivas
Eles lutam contratempos e ajudam a controlar os sintomas como dormência, formigamento, fraqueza e equilíbrio. Na pulsoterapia você recebe uma dose alta de um medicamento como metilprednisolona (Solu-Medrol) através de uma veia uma vez por dia durante 3 a 5 dias. Depois, seu médico pode prescrever outro esteróide, como a prednisona (Deltasone), que você toma por via oral.

4. Fazer uma transfusão de plasma (plasmaferese)

Às vezes, a parte líquida do seu sangue, chamado de plasma, tem substâncias nela que prejudicam o seu corpo e faz sua EM piorar. O seu médico pode sugerir um processo que remove o seu plasma e o substitui com uma versão saudável. Pode ser uma opção para você se seus sintomas são graves e corticosteróides não controlam suas recaídas. Pode ser útil se tiver uma EM recidivante grave ou progressiva.

5. Medicamentos para controlar a fadiga
Se você está com pouca energia, seu médico pode prescrever medicamentos como o cloridrato de amantadina (Symmetrel / Mantidam), Modafinil (Provigil) e fluoxetina (Prozac) para mantê-lo mais alerta. Terapia do sono e técnicas de relaxamento como massagem ou meditação podem ajudá-lo a adormecer e ficar assim durante a noite, diminuindo a fadiga durante o dia.

6. Diminua a rigidez muscular
A EM pode fazer seus músculos ficarem rígidos. Pode ser difícil para você dobrar ou endireitar seus joelhos e outras articulações. Medicamentos como baclofeno e tizanidina (Zanaflex) podem ser bons para diminuir os espasmos. Se eles não trazem alívio, o seu médico pode sugerir que você tente dantrolene (Dantrium), diazepam (Valium), ou injeções de toxina botulínica (Botox). Um fisioterapeuta também pode ensiná-lo exercícios para tornar seus membros mais flexíveis.

7. Maneiras de aliviar a tristeza
Quando você tem EM, é natural, por vezes, sentir ansiedade ou para baixo. Tente exercícios, técnicas de alívio de estresse e aconselhamento para ajudá-lo a gerenciar a tempestade emocional. Se a sua depressão não parar após algumas semanas ou meses, o seu médico pode sugerir que você tome um antidepressivo.

8. Ajuda para problemas da bexiga
Se a sua EM faz você correr para muitas vezes para o banheiro, seu médico pode prescrever drogas como oxybutynin (Ditropan, Oxytrol) ou tamsulosin (Flomax). Eles relaxam seus músculos da bexiga e ajudá-lo a controlar o desejo de ir.

9. Controlando problemas intestinais
A EM e alguns remédios que você toma pode trazer constipação. Para regular novamente seus intestinos, é importante adicionar mais fibra e líquidos à sua dieta. Exercícios podem ajudar a manter o seu aparelho digestivo em movimento.

10. Aliviar suas dores
Se você machucar em seus braços, pernas, costas ou cabeça, você pode recorrer à medicina para alívio. Algumas drogas como carbamazepina (Tegretol), lamotrigina (Lamictal), e oxcarbazepina (Trileptal) aliviam a dor nervosa. Baclofeno (Lioresal) e tizanidina (Zanaflex) aliviam os espasmos musculares. Tratamentos caseiros como calor e massagem também pode ajudá-lo a gerenciar a dor.

11. Tratamento para problemas sexuais
Se você é um cara e a sua EM torna difícil para você ter uma ereção, drogas como sildenafil (Viagra), tadalafil (Cialis), ou vardenafil (Levitra) podem ajudar. Se você é uma mulher e a EM ou os medicamentos causam secura vaginal, você pode usar um lubrificante. Tanto homens quanto mulheres podem ter perda do desejo sexual, e para isso, a terapia sexual pode ser uma boa solução.

12. Alívio através do movimento
Um mergulho ou caminhada podem fazer maravilhas para os músculos rígidos. Exercícios também ajudam a gerenciar sintomas como depressão, fadiga e problemas de bexiga. Tente uma atividade de baixo impacto como tai chi, exercício de água, ioga ou pilates. Um fisioterapeuta pode projetar uma rotina fitness ideal para você e ensiná-lo a superar a fraqueza.

13. Terapia ocupacional
Quer aprender truques e ferramentas para as atividades diárias, quando a dor e a fraqueza ficam no caminho? Um terapeuta ocupacional pode ajudar. Ele lhe dará conselhos sobre como simplificar tarefas como lavanderia, cozinhar e se aprontar pra sair de casa. Ele também pode ensinar-lhe maneiras de permanecer focado e superar problemas de fadiga ou memória que podem afetar seu trabalho.

14. Formas de gerir o stress 
Experimente técnicas de relaxamento como meditação diária ou respiração profunda para acalmar sua mente. Faça algo que você ama, como ler um livro ou ouvir música, para tirar sua mente de seus sintomas. E não se esqueça que você sempre pode chamar um amigo para apoio.

Matéria original em WebMD

Tradução e adaptação por Redação AME – Amigos Múltiplos pela Esclerose

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS