Coronavírus e seu bem-estar emocional

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Você pode estar preocupado com o coronavírus (COVID-19) e como isso pode afetar sua vida. Isso pode incluir a recomendação de ficar em casa ou evitar contato outras pessoas.

Essa realidade parece difícil ou estressante. Porém, há muitas coisas que você pode tentar fazer que podem ajudar na manutenção do seu bem-estar. 

 

Esta informação é para ajudá-lo a lidar se:

* Você está se sentindo ansiosa ou preocupada com o coronavírus;

* Você fica em casa ou evita locais públicos como parte do distanciamento social – 

* Você tem que se auto-isolar. Isso significa evitar o contato com outras pessoas e seguir regras rígidas de higiene. 

 

Aqui, algumas ideias que podem ajudar:

– Mantenha uma rotina de atividades cotidianas;

– Procure obter o máximo de luz solar, ar fresco e contato com a natureza;

– Planeje o seu dia para trabalhar ou estudar em casa, isso pode evitar sobrecarga de atividades e aumentar, ainda mais, o stresse;

– Descubre maneiras de gastar seu tempo com qualidade, mesmo que isso signifique tirar alguma soneca, meditar, ou mesmo fazer alguma atividade mais direcionada

– Encontre maneiras de relaxar e ser criativa, como praticar algo novo, conhecer um novo idioma, buscar algum curso;

– Procure manter sua mente estimulada, leitura, jogos, podem ser bem úteis;

– Tenha cuidado com notícias e informações, procure se informar e replicar notícias de fontes seguras;

 

Separamos também uma lista de verificação: você está pronto para ficar em casa?

Comida: que tal separar uma lista de empresas que podem entregar comida? Isso pode te poupar de sair e se colocar em risco, além prevenir pequenos imprevistos;

Limpeza: os materiais de limpeza que você tem, serão suficientes para a próxima semana? Diminuir as saídas para compras, pode ser mais prudente nesse momento;

Dinheiro: talvez fazer um orçamento para contas ou despesas mais altas, possa te ajudar a programar como serão os próximos meses. Fazer listas de quais economias serão necessárias durante esse período podem te ajudar a minimizar surpresas no final do mês;

Trabalho: você pode trabalhar em casa? Caso contrário, já verificou quais são seus direitos ao pagamento ou benefícios?

Medicação: você tem medicação suficiente ou uma maneira de obter mais? Antecipe o máximo que você puder os seus cuidados médicos e com o seu tratamento;

Saúde: você pode reorganizar qualquer terapia ou tratamento planejado? Agora pode ser uma boa hora para reavaliar com a equipe médica que te acompanha, quais serão os próximos passos em relação ao tratamento que você faz e consultas que precisaria passar.

Compromissos: alguém pode ajudá-la a cuidar de qualquer dependente, passear com seu cachorro ou cuidar de outros compromissos? Pedir ajuda pode ser uma boa opção! Estar em rede, ainda que virtual, é o melhor que podemos fazer por nós mesmas, nesse momento.

Conectividade: você verificou os detalhes de contato das pessoas que vê regularmente, como números de telefone ou endereços de e-mail?

Rotina: você pode criar uma rotina ou um cronograma para si mesma? E se você mora com outras pessoas, deve criar uma programação familiar? Reunir todas essas informações e criar uma rotina para todas, pode ser uma boa forma de se conectar as principais necessidades para os próximos dias.

Exercício: existe alguma atividade física que você possa fazer em sua casa, como subir e descer escadas, usar latas de feijão como pesos ou exercícios que você possa fazer em sua cadeira? Manter-se ativa é fundamental para uma boa saúde emocional!

Natureza: você já pensou em como, de casa, pode acessar a natureza? Cuidar das suas plantas, ou mesmo plantar uma hortinha de temperos, pode ser uma boa estratégia para relaxar!

Entretenimento: que tal organizar coisas para fazer, livros para ler ou programas de TV para assistir? Criar um cronograma da semana, com atividades para ocupar seu dia, pode ser uma boa estratégia para minimizar a ansiedade!

 


 

Fonte: https://www.mind.org.uk/information-support/coronavirus-and-your-wellbeing/#TakeCareOfYourMentalHealthAndWellbeing

Traduzido e adaptado por Redação AME

Explore mais

Qualidade de Vida

10 mitos da esclerose múltipla

Por Maurício Brum, da Redação AME/CDD   Você certamente já ouviu falar da esclerose múltipla. Mas, até pelo nome da doença e pelo desconhecimento sobre