AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Cartunista gaúcho Rafael Corrêa conta em quadrinhos como convive com a esclerose múltipla

Cartunista gaúcho Rafael Corrêa conta em quadrinhos como convive com a esclerose múltipla

O cartunista gaúcho Rafael Corrêa, 39 anos, encontrou em um drama pessoal a inspiração para criar. Após ser diagnosticado com esclerose múltipla, doença autoimune e sem cura, o gaúcho lançou o projeto Memórias de um Esclerosado, no qual pretende abordar angústias, medos, sonhos e experiências por meio de histórias em quadrinhos autobiográficas.

A brusca mudança na vida do cartunista de Rosário do Sul começou em 2008, quando tinha 32 anos. Ele passou a perceber algumas sensações estranhas no corpo, principalmente quando se exercitava. Pernas pesadas e mãos formigantes foram os primeiros sinais de que algo não estava bem. Mas encontrar um diagnóstico não foi fácil. Passaram-se dois anos, muitos exames e alguns médicos para chegar ao temido parecer: ele sofria de esclerose múltipla, doença do sistema nervoso central que interfere na capacidade do cérebro de controlar diversas funções, como caminhar, enxergar, falar e… desenhar.

— Foi um baque muito grande, que me fez passar por muitas transformações no meu estilo de vida. Passei a respeitar mais meu tempo, a tentar levar a vida sempre numa boa e a dar mais importância para o que realmente vale a pena — conta o cartunista, vencedor de diversos prêmios nacionais e internacionais.

Os sintomas da esclerose múltipla são variados e aumentam gradualmente. Para Rafael, as primeiras limitações apareceram nas pernas e nas mãos. Hoje, cinco anos depois do diagnóstico, caminha com a ajuda de uma bengala e afirma que não consegue mais desenhar com a mesma facilidade de antes. A vontade de criar, entretanto, só aumentou:

— Eu não consigo mais ficar horas desenhando, pois chega um momento que minha mão cansa. Mas eu tento ter uma rotina para trabalhar e colocar as ideias no papel. Desde que fui diagnosticado com a doença, vi que eu precisaria botar para fora o que estava sentindo, minhas pequenas vitórias, meus medos. E o site é a concretização disso.

A cada semana, o cartunista irá disponibilizar novas histórias que contam, com traços firmes e toques de bom humor, um pouco de seu passado, desafios do dia a dia e sonhos.

http://zh.clicrbs.com.br – 01/08/2015.

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *