AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

A relação entre fadiga e insônia na EM

A relação entre fadiga e insônia na EM

Praticamente todas as pessoas com esclerose múltipla vivenciam ou tem que lidar com o cansaço, mas o que é a fadiga?

A fadiga não é apenas “sentir-se” cansado; existem diferentes tipos de fadiga com diferentes causas. Algumas pessoas podem até sentir o mesmo tipo de fadiga, mas descrever as diferenças é muito difícil para a maioria das pessoas. Tentar descrever a sutil diferença entre os diferentes tipos de fadiga é como tentar descrever a diferença entre dois diferentes tons de uma cor. Azul vs. azul pastel. Isto pode ser muito mais difícil do que descrever a diferença entre dois sintomas diferentes ou duas cores completamente diferentes. Fadiga vs. insônia e azul vs. laranja.

Então, o que causa a fadiga na esclerose múltipla? Bem, primeiro nós precisamos ter uma compreensão do que a fadiga realmente é.
Como eu disse antes, a fadiga não é apenas sentir-se cansado. Nós nos sentimos cansados depois de fazer um trabalho duro que gasta todo o nosso “combustível” (energia) quando se trata de um trabalho físico (limpeza da casa, quintal trabalho, um emprego, etc) ou um trabalho mental (pagar contas, gerenciamento de atividades, escola, etc) .
Tenha em mente que todos nós temos diferentes “tanques de combustível”, ou seja, todo mundo tem uma capacidade diferente para o quanto de energia eles têm que usar para trabalhar o dia todo e quando usamos todo nosso combustível o quanto nos sentimos cansados (alguns mais rápidos do que outros).
A fadiga na EM é basicamente o resultado de ficar sem energia devido aos sintomas da EM, dentre eles ficar acordado à noite ou porque uma determinada tarefa usa mais energia do que deveria. Tirar o lixo pode fazer você se sentir como quem acabou de correr uma maratona! Por quê? Bem, isso não é totalmente explicado. Mas a última forma de fadiga é chamada de lassitude e é exclusiva para as pessoas com EM.
É a fadiga que ocorre sem nenhuma razão em tudo geralmente em uma base diária, mesmo depois de uma boa noite de sono que deveria deixá-lo cheio de energia para o dia. Fadiga, que é causada pela exposição ao calor ou à umidade é também considerada lassitude.
Esse tipo geralmente é mais grave do que a fadiga e piora à medida que o dia passa tornando muito mais difícil completar suas tarefas diárias. Então a fadiga relacionada com a EM pode ser causada por sintomas que prejudicam sua energia, tarefas que exigem mais energia do que deveriam, ou por nenhuma razão aparente!
A MS Society afirma que cerca de 80% das pessoas com EM têm algum tipo de fadiga e ela é um dos sintomas mais comuns da EM.

A maioria das pessoas que vivem com EM também têm insônia; dificuldade de iniciar ou manter o sono. Ironicamente, muitas pessoas ainda tem fadiga e insônia, ao mesmo tempo! Sentindo-se esgotados todos os dias só ao deitar-se acordados olhando para o teto durante toda a noite!
Bem como existem diferentes tipos de fadiga, existem também diferentes tipos de insônia ou melhor, diferentes causas de insônia. Você não consegue dormir porque sua mente começa a trabalhar sem parar quando se deita? A EM pode, evidentemente, causar todos os tipos de estresse ou depressão. Ou talvez você não consiga dormir bem, porque você tenha que acordar para usar o banheiro toda hora. Talvez dores na perna devido a espasticidade possa te manter acordado a noite toda. A insônia por si só também poderia ser apenas o resultado de uma lesão cerebral, e de onde essa lesão está localizada, mas eu sei que para mim e para muitos outros ela tem a ver com a própria fadiga.
É um “ciclo vicioso”, se eu (por exemplo) estou me sentindo cansado durante todo o dia, eu posso não querer fazer nada além de tirar um cochilo. Então, quando chega a hora de tentar desligar a noite eu não consigo, porque mesmo que eu me sinta cansado, eu já dormi durante o dia, o que torna mais difícil de fazer meu cérebro descansar!
Eu imagino que eu tenho um tanque cheio de combustível que eu não uso durante o dia, por isso mesmo que eu queira dormir o meu corpo ainda quer queimar o que ainda resta de combustível! E assim, eu estou exausta durante todo o dia, mas incapaz de dormir à noite porque eu não fiz nada durante o dia!

Gerenciando fadiga e insônia

Não há uma solução “geral” para fadiga e insônia relacionadas com a EM; todo mundo vai ter um método diferente de gestão destes dois sintomas que podem criar um círculo vicioso. Você pode estar cansado porque você não conseguia dormir à noite e talvez você não consiga dormir à noite, porque você dormiu durante o dia, porque você estava tão cansado de não ser capaz de dormir à noite! Este é um dos meus principais problemas quando se trata de fadiga e insônia e eu estaria mentindo se eu dissesse que eu encontrei a solução perfeita para gerenciar isso e não lidar com esta questão. O que eu faço no entanto, é saber o que às vezes funciona para mim, e que poderia ser capaz de quebrar esse círculo.

Gerenciamento da Fadiga

Descobri que, para quebrar o meu ciclo de fadiga e insônia eu tenho que superar um sintoma lentamente torna mais fácil superar o outro, mas é muito difícil no começo. Tentar vencer a fadiga um dia, a fim de tornar mais fácil de dormir naquela noite, o que significa lutar contra o desejo de se deitar e, em vez ficar acordado durante todo o dia.
Isso geralmente requer uma combinação de medicamentos, alimentos, técnicas de gestão de fadiga e força de vontade para queimar energia sem deixar me abater o dia todo ou tirar um cochilo.
Eu tento realmente difícil de reduzir a minha exposição ao calor e gerir o meu stress, porque essas duas coisas realmente parecem afetar meus próprios sintomas da EM. Consultar com um terapeuta ocupacional (TO) ou Fisioterapeuta também pode ser realmente benéfico, uma vez que eles ensinam diferentes métodos para completar tarefas com mais facilidade e para ajudar a conservar energia.

Gerenciando a insônia

Qual medicação irá ajudá-lo depende da sua situação. Medicação para ajudar a insônia que ocorre sem nenhuma razão pode não ser necessária para a insônia devido a uma razão secundária (um sintoma) mantê-lo acordado, como por exemplo ter que se levantar para ir ao banheiro. Talvez tudo que você precisa é algo para ajudar a controlar o seu desejo de usar o banheiro. Se você pode eliminar os sintomas que o mantem acordado, talvez, isso seja tudo o que você precisa fazer para obter uma noite inteira de sono.

Antes de recorrer a alguma medicação eu diria que você deve tentar criar uma rotina para ajudar o seu cérebro a reconhecer que é hora de dormir e ajudar a controlar os sintomas que poderiam estar afetando sua capacidade de dormir.
Talvez duas horas antes você quer dormir você possa experimentar parar de beber líquidos, assim você não tem que se levantar toda a noite para usar o banheiro. Desligue ou diminua todas as luzes (assim como o seu telefone, a televisão e o computador) uma hora antes de você ir dormir. A luz diz a seu cérebro para não produzir melatonina, e é a melatonina é o que diz a seu cérebro que é hora de dormir. Ela não induz o sono, apenas diz a seu cérebro quando é hora de dormir.

Então, tentar cortar a  exposição à luz uma hora antes de ir dormir realmente pode ajudar. Isso geralmente ajuda. Outra dica importante é não ingerir cafeína cerca de 5 horas antes de dormir.

Fonte: https://multiplesclerosis.net – 25/06/2015. Traduzido livremente. Imagem: Creative Commons.

ame

ame

A AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose nasceu do sonho de divulgar a EM e contribuir com a busca de diagnóstico precoce, tratamento adequado e melhora na qualidade de vida dos pacientes, seus amigos e familiares. Somos uma Organização sem Fins Lucrativos que, desde 2012 reúne amigos múltiplos com uma missão de compartilhar informação de qualidade sobre a EM de forma gratuita e acessível.

VER TODOS POSTS

Deixe uma resposta