Lembranças de um último pôr do sol

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

por Tatiane Giannetto Abrahão

Hoje me deparei com uma lembrança:

A foto de um lindo pôr do sol laranja. Um registro feito do estacionamento da empresa em que trabalhava. Nem sempre o fotografava, mas esse era especial, e eu nem sabia o quanto realmente seria. O registrei porque estava especialmente laranja, lindo, porque era o último pôr do sol antes das minhas merecidas férias. Como eu precisava delas!

Hoje me dei conta de que foi o último pôr do sol que vi daquele lugar, enxergando com os dois olhos. Alguns dias depois acordei sem enxergar do olho direito, a esclerose múltipla se apresentou pra mim e tudo mudou…

Hoje chorei… Chorei porque por um instante queria minha vida de volta. Chorei porque queria enxergar o pôr do sol com a profundidade que não consigo mais… Mas então  me lembrei do que um grande amigo me falou outro dia. Ele me fez lembrar o que sonhava nessa mesma época e o que construí. E eu não mudaria absolutamente nada para estar aqui.

Sim, tenho uma deficiência invisível aos olhos de quem me vê, carrego comigo uma patologia crônica sorrateira, mas isso toma uma outra dimensão quando eu ouço a gargalhada espontânea do meu filhote, o sorriso do canto de boca do meu marido nos observando…

Aaah e os pores do sol?

Eles continuam lindos…

Explore mais

Qualidade de Vida

Mudança de PERSPECTIVA

por Aline Souza Olá meus RAROS! Desde que fui diagnosticada com Esclerose Múltipla eu não tinha noção precisa do que era qualidade de vida.  Para