Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Por Aline Souza

Hello Raros, tudo bem?

É um prazer estar aqui com você, por isso deixa eu me apresentar, eu sou Aline de Souza tenho 28 anos, sou gaúcha e tenho o diagnóstico de Esclerose Múltipla há 4 anos.

Fui diagnosticada em Fevereiro de 2018, aos 24 anos, mas os sintomas que me levaram a procurar um médico começaram no final de 2017 foram eles; formigamentos, visão dupla e embaçada, perda de força e perda da sensibilidade.

De início achei que não era nada e que logo ia passar e que eu havia apenas dormido de mau jeito pois o que senti primeiramente foi o formigamento no antebraço esquerdo. Mas não foi bem assim que aconteceu, fiquei dias e dias sentindo esses sintomas. Por isso ao passar de 15 dias mais ou menos resolvi procurar o médico e assim de início veio a dúvida deve ser ou ansiedade ou o coração, mas vamos fazer uns exames por descargo de consciência disse o médico.

E então 1 mês e pouco após a minha procura o médico me deu a notícia é esclerose múltipla, e ao ouvir isso meu mundo caiu e um buraco se abriu na minha frente, chorava ao pensar no meu diagnóstico.

E com o passar do tempo eu percebi que aquele aperto que eu tinha no peito por conta do diagnóstico precisava ser compartilhado, foi então que eu comecei a compartilhar nas redes sociais o meu dia a dia e como eu lidava com a EM.

O tempo foi passando e cada vez eu conhecia mais e mais pessoas e os seus desafios diários com a nossa “amiga” ESCLEROSE MÚLTIPLA e assim eu me tornei a @aesclerosadararaa e hoje eu escrevo os meus desafios, minhas opiniões, vivências e experiências nessa vida de Esclerosada.

Espero te ver sempre aqui para acompanhar as minhas aventuras e assim trocarmos experiências, beijão da RARA💜

Explore mais

Conexão
blog

Conexão que transforma

O momento que recebi o diagnóstico de Esclerose Múltipla foi um divisor de águas na minha vida. Esse foi um ponto de virada de chave.