Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

Oi Amigos, tudo bem?

O pensamento sobre a dúvida é certo e construtivo!

Lembro sempre o pensamento do filósofo Sócrates: “Só Sei que Nada sei”.

Pensar que nem sempre sabemos de tudo, mais do que nos lembrarmos da nossa fragilidade intelectual, nos permite nos abrirmos para um conhecimento desconhecido para nós.

A única coisa Certa em nossa vida é o Incerto!

Lembrar-se disso é sinal de maturidade. Por isso Deveríamos Ouvir Mais e Falarmos Menos! Isso acontece?

Isso pode parecer difícil Mas precisamos Nos unir! Juntos nós conseguiremos! Os blogs mostram bem isso.

Há uma palavra que expressa um pensamento importante sobre a forma que cada um tem de como viver. A palavra é 'implantação'. Eu explico: todas as pessoas possuem projetos, ideias do que fazer de suas vidas, de seus relacionamentos, de seus trabalhos e de tudo o que escreve a história de cada um.

Os governos, as empresas, as famílias também fazem seus projetos. Mas para que o projeto se transforme em realidade existe um passo seguinte importantíssimo que deve acontecer. É necessário 'implantar' o projeto. É fazer acontecer a ideia ou as ideias.

Perceber as dificuldades dos portadores da EM, relacioná-las, divulgá-las e modificá-las de maneira atitudinal é um momento que leva a uma importante pergunta que exige uma resposta: 'O que faremos com relação às mudanças que constatamos que devem ser feitas?' E depois leva a outra pergunta: 'Essas mudanças foram feitas? Se não foram feitas, o que EU posso fazer para que elas aconteçam?'

Veja que esta situação sai do mundo das ideias. Não basta 'saber como fazer' é necessário também 'fazer acontecer'. Essas situações são realidades para todas as pessoas. Eu citei o exemplo de portadores de EM porque, neste caso, acontecem mudanças em suas formas de viver que se faz necessário que a pessoa e a sua família pensem em novas formas de se relacionarem com o mundo e programem essas novas formas, operacionalizem, façam que elas aconteçam.

Abraço

Rodrigo

Explore mais

Qualidade de Vida

Compartilhando minha história

Olá, lindezas. Tudo bem com vocês? Hoje eu vim compartilhar minha história.   Chamo-me Larissa. Fui diagnosticada com Esclerose Múltipla em 2014 e estou aqui para

Sintomas e Tratamentos

Possíveis e necessárias mudanças

por Suzana Gonçalves A cada passo na esclerose múltipla, estamos suscetíveis a surtos e sustos também, um novo processo pela frente e mais uma dose