AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Sintomas da Esclerose Múltipla

A Esclerose Múltipla é uma condição variável e os sintomas dependem de que áreas do sistema nervoso central foram afetadas. Não existe um padrão definido para a EM, e cada pessoa tem um conjunto diferente de sintomas, que variam ao longo do tempo e podem mudar em termos de gravidade e duração, mesmo na mesma pessoa.

Os sintomas da EM são variados ​​e imprevisíveis. Não existem duas pessoas com exatamente os mesmos sintomas, e os sintomas de cada pessoa podem mudar ao longo do tempo. Uma pessoa pode sentir apenas um ou dois dos sintomas possíveis enquanto outra pessoa pode experimentar muitos outros tipos.

Logo, não existe uma EM típica. A maioria das pessoas com EM vão experimentar mais de um sintoma, e embora existam sintomas comuns a muitas pessoas, nenhuma pessoa teria todos eles igual a outra.

Os sintomas mais comuns da EM são fadiga, dor, problemas de bexiga e intestino, disfunção sexual, problemas de movimento e coordenação, alterações visuais e de cognição, e alterações emocionais. No entanto, qualquer sintoma ou sinal neurológico pode ser parte da EM de uma pessoa.

Alguns sintomas da Esclerose Múltipla são imediatamente óbvios. Outros, tais como a fadiga, sensibilidade alterada, memória e problemas de concentração, muitas vezes são sintomas mais escondidos. Estes podem ser difíceis de descrever para os outros, e às vezes a família e os cuidadores não entenderão os efeitos que eles têm sobre a pessoa com EM, seu emprego, atividades sociais e qualidade de vida.

A gestão dos sintomas é, muitas vezes, uma mistura de tratamentos com medicamentos, sempre que possível, combinados a terapias físicas, como fisioterapia ou terapia ocupacional e adaptações de estilo de vida e rotina.

A maioria destes sintomas podem ser controlados de forma muito eficaz com medicação, reabilitação e outras estratégias de gestão, e uma gestão eficaz dos sintomas por uma equipe interdisciplinar de profissionais de saúde é um dos principais componentes de cuidados para a EM.

 E por falar em fadiga…

Internação – Superação

Oi gente! Beleza? Por esses dias, precisei de internação para três dias de pulsoterapia para tratar um surtinho leve. Vou tentar resumir o que são essas internações pra mim. A primeira coisa que tenho que falar é que depois que eu caio nas mãos da equipe de enfermagem, sou muito

Ler Mais

Sinais dos tempos.

No final do ano passado, numa das minhas idas à Porto Alegre, aproveitei o tempo de espera entre uma coisa e outra para dar uma caminhada e comprar minha bengala (relembre lendo aqui). Embora o local em questão fosse perto, rendeu-me uma boa caminhada. O cansaço já acumulado da noite

Ler Mais

Como explicar a fadiga da esclerose múltipla pra quem não tem EM?

Se você tem esclerose múltipla há algum tempo, certamente já tentou explica-la para alguém que não tem a doença. Mas como explicar a fadiga para quem não a sente? Você diz que está com fadiga e a pessoa responde: “Ah, eu também, estou muito cansada! Fiz isso ou aquilo e

Ler Mais

E por falar em fadiga …

Oi meus queridos amigos. Hoje o que não sai da minha mente é a fadiga. Um assunto já falado muito por todos nós, mas talvez esteja tão em voga agora na minha cabeça, porque estou sofrendo disso nesse exato momento. Nossa companheira Bete fez um post muito bom que aborda

Ler Mais

 E por falar em sintomas da esclerose múltipla…

Alteração da temperatura corporal

A Alteração da temperatura corporal está sendo uma questão que decidi compartilhar com vocês. Estive em consulta com a minha neuro e falei disso para ela, que falou ser um sintoma da Esclerose Múltipla. Fiquei curiosa e decidi buscar mais sobre esse assunto. Consultei, no Facebook dos Amigos Múltiplos, o

Ler Mais

A VIDA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA PRECISA SER ZEN

Olá gente, estive afastada muito tempo dos blogs, porém, refleti muito sobre o tamanho do pacote que temos que carregar na EM. Sabemos primeiramente que por termos uma doença crônica, não basta tomar o remédio e seguir em frente. Devemos monitorá-la de tempos em tempos se não houver nenhum episódio

Ler Mais

Cessação da aposentaria – O que fazer?

Lá fui eu para mais uma perícia! Desta vez, depois de quase onze anos de aposentada – confira o recebimento da carta aqui . Munida de laudo médico e exames recentes, lá fui eu de novo! Uma espera de aproximadamente duas horas e eu fui chamada. A médica me olhou e perguntou

Ler Mais

Somos feitos de silêncio e sons.

Adoro usar títulos e trechos de músicas para inspirar minhas postagens. Essa frase é da música “Certas Coisas” do Lulu Santos. Não gosto do silêncio absoluto, mas também não gosto de barulho excessivo. Minha casa nunca está em silêncio, até porque com três crianças isso fica impossível, mas mesmo quando

Ler Mais