AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

LIGUE (11) 3181-8266

Problemas de Visão

Problemas de visão são bastante comuns para pessoas com esclerose múltipla. Os sintomas geralmente vêm e vão por conta própria, mas você pode conversar com seu médico sobre tratamentos para proteger sua visão e o que deve fazer se começar a ter problemas para enxergar.

Problemas de visão relacionados à esclerose múltipla

Perda de visão

Isso acontece quando o nervo óptico que liga o olho ao cérebro fica inflamado. É chamado neurite óptica.

Cerca de metade das pessoas com EM terá a doença pelo menos uma vez. Muitas vezes é o primeiro sinal de que alguém tem a doença. Mas outras condições podem causar neurite óptica, por isso nem sempre significa que uma pessoa tem ou vai ter EM.

Os sintomas da neurite óptica geralmente aparecem de repente. Eles incluem:

  • Visão turva
  • Cegueira em um olho por um curto período de tempo, especialmente durante um surto de esclerose múltipla

É raro obter essa condição em ambos os olhos ao mesmo tempo. A perda de visão tende a piorar por alguns dias antes de melhorar. A inflamacão pode durar de 4 a 12 semanas.

Se você começar a ter algum sintoma, avise seu médico.

Visão dupla

Isso acontece quando os músculos que controlam o movimento dos olhos não são coordenados porque um ou mais deles não estão funcionando corretamente. Na EM, o problema ocorre na parte do cérebro que controla os nervos que vão para esses músculos. Pode ser pior quando você está cansado ou você forçar os olhos, então tente descansá-los ao longo do dia.

Movimentos descontrolados dos olhos

Pessoas com esclerose múltipla podem desenvolver movimentos oculares pequenos, rápidos e repetitivos. Eles podem perder o controle de como movem os olhos para cima cima e para baixo ou de um lado para o outro (às vezes descrito como um tremor). O problema é chamado nistagismo . Pode ser leve ou pode ser grave o suficiente para impedir que alguém veja bem.

Fonte: Web MD

 E por falar em problemas de visão…