Sem sair de casa - Hasta La vista

27 . Mar . 2017   /  Qualidade de vida

Às vezes, parece que a EM adora a palavra “férias”. Ao menor sinal da programação de uma viagem sonhada ela parece querer se manifestar e precisamos ficar de molho em casa para se curar de um surto. Mas não há problemas! Nossa coluna fará você viajar sem sair do sofá. Se certamente não é uma compensação suficiente (sabemos disso), pode ser uma alternativa de diversão “sem sair de casa”.

Hoje, nossa dica é sobre um filme: Hasta La vista. A película conta a história de três amigos com deficiência, que pretendem fazer uma viagem da Bélgica até a Espanha. Josef tem baixa visão, Lars que, devido a um câncer, utiliza cadeira de rodas e Philip que é tetraplégico.

Para seus pais, contaram uma história diferente do acontecido. Disseram, que desejavam conhecer as vinícolas espanholas, mas, na verdade, pretendiam ir a um bordel especializado no atendimento de pessoas com deficiência. Queriam perder a virgindade, nem que pra isso fosse necessário fazer uma longa viagem.

Esse tema, que caberia muito bem a qualquer pastelão hollywoodiano no estilo American Pie, ganha complexidade devido aos seus personagens. Certamente, viajar com uma deficiência não é fácil. Exige uma preparação e cuidados com acessibilidade, transporte, hotéis etc. E essa programação se torna ainda mais necessária e complicada quando você não pode demandar o auxílio dos pais. Afinal, ocultam o verdadeiro motivo da viagem.

Além disso, a jornada que traçam é solitária, obrigatoriamente longe dos cuidados familiares. Para isso, contam com a cumplicidade da cuidadora Claude, que os acompanha e auxilia durante toda viagem. O tema da viagem em si já é interessante dentro dos assuntos tratados em nosso Guia, pois dialogam com preocupações similares. No entanto, não deixa de ser interessante o motivo do deslocamento: a perda da virgindade. Dessa forma, juda a quebrar um pouco a imagem da pessoa com deficiência como um ser assexuado e sem desejos.

O filme é ótimo e bem provocativo. Dá o que pensar e nos ajuda a corroer algumas certezas pré-concebidas. Mesmo no sofá, certamente vale à pena acompanhar essa viagem. Vejam o trailer abaixo:

Fonte: Guia do Viajante Esclerosado

Tags: Esclerose Múltipla , filme , sem sair de casa , viajante

mail link