Uma esclerosada no Caminho

16 . Set . 2016   /  Emoções

Amigos Múltiplos...

A minha maior virtude é também o maior algoz: DETERMINAÇÃO!

A determinação quando acompanhada de bom senso é uma verdadeira aliada para realização dos sonhos, porém... quando ela está cega, presa apenas na vontade, ela pode fazer esse sonho virar pesadelo!

Hoje venho falar da minha determinação virtuosa! E ela segue na direção do meu sonho atual que é realizar o Caminho de Santiago de Compostela, saindo do sudoeste da França - Saint Jean Pied de Port, 

Muitos dizem que percorrer o Caminho não é tão complicado quanto parece. Eu concordo, desde que você não tenha medicação diária para usar, que necessite de cuidados especiais, tais como ficar em geladeira até a hora do uso, como é o caso da minha - Acetato de Glatirâmer. Antes mesmo de eu consumar a compra das passagens, eu busquei saber se seria possível o transporte da minha medicação de um albergue para outro, com os devidos cuidados. Passado dessa etapa, fui estudar as distâncias entre um pueblo e outro para minimizar a possibilidade de eu não conseguir chegar até o meu destino e correr o risco de ficar sem medicação, ou ter que fazê-la ir ao meu encontro e ter gastos extras. Depois disso, muita conversa com a minha neurologista sobre o assunto e decisão tomada! Comprei as Passagens de ida e volta. Que alegria...

Alguns pontos positivos e negativos desses cuidados absolutamente necessários ao esclerosado que pretende cair na estrada:

Positivos:

1. Organização

2. Proteção a si próprio

3. Prevenção de problemas, tornando-os pontos distantes da sua realidade

4. Viabilização de sonho, com segurança

5. Saber que sou capaz de fazer aquilo que me proponho de forma adequada a mim

Negativos

1. A organização é muito trabalhosa e demanda muita paciência

2. Nem sempre o que precisamos está no lugar que desejamos, então é preciso alterar rotas para se proteger

3. A viabilização do sonho pode custar financeiramente mais do que se pretende e com isso é necessário buscar patrocínios ou adiar um pouco o projeto

4. Embora tudo seja articulado pelo sonhador/realizador esclerosado, todo o resto, para acontecer, depende das circunstâncias que o envolve. É preciso saber lidar com o "Não é possível" para transformá-lo em "Sim, é possível de outra maneira"

De todas as minhas etapas para realizar esse projeto, a mais difícil está sendo o meu preparo físico. Depois de duas internações no espaço de tempo de 6 meses entre uma e outra, o retorno às atividades físicas têm sido muito sofrido. Precisei de muito ajuste à minha atual condição física para não tornar esse projeto inviável. Não basta querer ir, não basta ter dinheiro para realizá-lo, não basta ter conseguido todas as condições para a condução da medicação, com segurança, não basta ter um bom seguro saúde... É preciso estar com saúde física para essa jornada. Um esclerosado apaixonado por si é capaz de fazer acontecer os seus projetos de forma segura e competente.

Eu sou dessas... 

Foto: Lucao

 

Tags: #juntossomosmaisfortes #EM #viajanteesclerosado

mail link