Sobre mudanças

14 . Mar . 2016   /  Emoções

Somos, naturalmente, resistentes às mudanças. Afinal, o desconhecido causa medo. Se está tudo bem, por que sair da zona de conforto?

E assim a maioria das pessoas leva a vida. Mas, infelizmente (ou não!) o controle da vida não está em nossas mãos e as mudanças acontecem o tempo todo. Algumas escolhemos, outras não. Algumas são pequenas, outras grandes. Algumas são para melhor, outras trazem perdas. Como lidar?

Acho que nestes anos como enfermeira a pergunta que mais escutei foi: Acabei de receber o diagnóstico e não sei o que fazer. E agora, como será a minha vida?

A sua vida será como você quiser. O poder está em suas mãos para lidar com as mudanças e se adaptar a elas. Cabe a você escolher como vai lidar com as novidades que surgirão no caminho, sejam elas boas, ruins, esperadas ou não.

E isso não se resume ao diagnóstico de EM. Isso é sobre a vida e sobre as mudanças que ela nos traz. Troca de emprego, mudança de cidade, separações, casamentos, tristezas, desafios, alegrias... Nós não temos o poder de controlar as mudanças, mas podemos escolher de que forma lidaremos com elas. 

Nem sempre é fácil (e eu acho que na maioria das vezes não é) e nem sempre conseguiremos sozinhos, mas ter a consciência de que a escolha de como encarar aquela situação está em nossas mãos, tornará o caminho mais claro.

Uma das coisas mais lindas do ser humano é a sua capacidade de sempre se reinventar.

E, como diria meu amigo Drummond: "A dor é inivitável. O sofrimento é opcional".

 

Tags: adaptação , diagnóstico , mudança

mail link