Meu presente

24 . Dez . 2015   /  Emoções

Oi queridos e queridas, tudo bem com vocês?

Escrevo esse post hoje, na ante-véspera de Natal. 23 de dezembro de 2015. Eu poderia falar sobre muitos assuntos. Sobre qualquer assunto, na verdade. Mas acho que datas especiais merecem ser lembradas. E, para mim o Natal é uma data especial. 

Não quero falar sobre o lado religioso da data até porque, cada um acredita (ou deixa de acreditar) naquilo que quiser. Mas também não posso abandonar minhas crenças na hora de escrever. E, como cristã, acho importante lembrarmos que Jesus veio nos ensinar sobre o amor. Se você não acredita que Jesus esteve na terra, tudo bem também, você pode tomar como uma história fictícia. O Pequeno Príncipe jamais existiu mas todos sabemos que "o essencial é invisível aos olhos". O que importa é que espalhemos e compartilhemos amor por onde passarmos. 

Amar é se importar. É saber que você é o outro e o outro é você. Que somos todos iguais. É ser gentil. É ouvir sempre e falar quando necessário. 

Há quem nasça sabendo amar, incondicionalmente. Há os que aprendem com o tempo. E nunca é tarde pra começar a amar. O amor pode ser espontâneo, mas pode também ser uma escolha. Assim como a vida. Tá certo, a gente não escolhe a vida que vai ter, mas a gente escolhe o que fazer com a vida que tem. 

Eu queria deixar uma história ou mensagem bem bonita pra vocês nesse Natal, algo que representasse o que essa data representa pra mim: amor, união e esperança. E não é que recebi um vídeo há algumas semanas que, trazendo histórias de outras pessoas e um texto exemplar, diz o que eu queria dizer?

Na descrição do vídeo, seu autor explica que "Acredito que cada um quando nasce ganha uma lâmpada mágica e, lá dentro, três milagres geniais: um passado para ser lembrado, um corpo pra viver o presente e sonhos para criar um futuro. Alguns, durante essa jornada, se lembram de retribuir essa graça com algo além de gratidão, um presente de volta, um bem para o universo. Este filme é o meu jeito de dizer obrigado. Este é o presente que deixo ao mundo pela vida que ganhei e pela que escolhi viver."

Hoje eu deixo o vídeo dele como presente de Natal. E todos os dias do ano escrevo, planejo, programo, respondo e penso em vocês como forma de agradecer a maravilhosa vida que coube a mim viver e que eu escolhi. 

Feliz Natal!

p.s.: meu vídeo retrospectivo de 2015 vai estar no ar dia 31 de dezembro, no Esclerose Múltipla & Eu


Fonte: Bruna Rocha

Tags: esclerose múltipla , felicidade , Natal , sonhos , vida

mail link