Uma carta por dia... amor pela vida inteira!

21 . Abr . 2017   /  Inspir(ações)

Quem é pai, mãe, sabe que o amor que se sente pelos rebentos é algo inexplicável. Os pais de Eliot sabiam que ele nasceria com uma condição rara, a trissomia do cromossomo 18 e que, por isso, dificilmente sobreviveria ao parto. 

Numa celebração a sua vida, seu pai escreveu uma carta por dia, em cada um dos seus 99 dias. Uma vida curta, porém vivida com uma amor incondicional e intenso.

Prepara seu lencinho e se emocione também:

Fonte: Redação AME - Amigos Múltiplos pela Esclerose

mail link